Video porno de sexo brasileiro mulher de corno louca por pica metendo gostoso pro corno filmar enquanto seu marido corno grava de porto seguro – bahia

31 min

Categoria:

Tag: , ,

visualizações

31 min

Categoria:

Tag: , ,

Video porno de sexo brasileiro mulher de corno louca por pica metendo gostoso pro corno filmar enquanto seu marido corno grava de porto seguro – bahia

Video porno de sexo brasileiro mulher de corno louca por pica metendo gostoso pro corno filmar enquanto seu marido corno grava de porto seguro – bahia

Os vídeos pornô para nós fazem o papel de afrodisíaco e apimentam em muito nosso sexo, principalmente os de zoofilia, quando mulheres fazem sexo com cachorro, ela fica excitadíssima.

Eu tenho um primo que chama “Gabriel” e ele é dois anos mais velho que eu e nos somos muito próximos (foi ele que me mostrou o porno, a punheta {coisa q já fizemos juntos, mas cada um na sua}), contamos de tudo para o outro e ele pessoalmente é muito gostoso, (bem malhado com bariga tanquinho músculos bem aparentes e muito pegador) hetero, e a muito tempo percebo q sinto muita atração por ele, e um dia ele veio dormir aqui em Casa e quando ele dormiu não aguentei fui lá e com cuidado para ele não acordar comecei com uma encochada de leve e fiquei repetindo e passando mão nele e na cueca aí resolvi arriscar mais e com mais cuidado ainda desabotoei e abachei a bermuda dele, a cada mechida dele eu gelava, e cuando puxei a cueca dele vi aquele membro bem grande mesmo mole e coloquei mais da metade na boca que estava salivando que encheu quase toda a minha boca e mamei com vontade só parei quando ele quase acordou e dei uma última encochada e deitei na minha cama e dormi.

Era gosto de chocolate, de vinho, de uva… pensa um gosto gostoso, era ela. Certa vez resolvemos filmar nossa transa, com eu já tinha tentado fazê-lo sozinho e não tinha conseguido, resolvemos chamar alguém de confiança que pudesse fazer isso para nós. Depois disto eu fui pra cima da safada sem pensar duas vezes, não tive medo nenhum de alguém aparecer pois o tesão estava falando mais alto, tirei toda sua roupa sem falar nada e já fui metendo a pica na buceta da safada que estava lisinha pronta para uma transa gostosa.

E FALAR QUE AQUI NA BAHIA E TUDO QUENTE EU CONFIRMEI SOMOS QUENTES MUITO. Meia hora mais tarde, saiu ele alegrinho"Que eu nunca venha a ser corno!Eu não acreditei muito, mas o melhor estava por vir.

Ela sorriu novamente,e olhando em meus olhos disse que já fazia algum tempo que ela não ouvia um elogio do marido e coisas do tipo,e que eu sabia como faze-la ela sorrir…de verdade mesmo,eu emocionei com suas palavras. Mas quando estávamos saindo do motel, bem na portaria encontramos com dois amigos da nossa turma, que estavam entrando com as suas namoradas, fizemos de conta que não nos conhecíamos, mas algum deles contou para o meu cunhado, ai aquele dia do churrasco ele chegou perto de mim e me falou, que sabia o que tinha acontecido comigo lá em porto seguro, eu me fiz de desentendida e falei, eu conversei com um colega da faculdade, almoçamos e jantamos juntos, porque o que foi que aconteceu, meu cunhado deu uma risadinha e disse o que aconteceu eu não sei, eu só sei que viram você saindo do motel acompanhada de um amigo, ai eu percebi que eu estava no mato sem saída, então perguntei quem tinha lhe contado, ele me respondeu foi um passarinho, também já não importava quem tinha lhe contado, mas eu fiquei assustada porque apesar de ter sido antes de estar casada, mas eu estava noiva e faltava um semana para o meu casamento e porque o meu marido é muito ciumento, eu não sei qual seria a reação dele se ele descobrisse essa traição, então lhe perguntei mas porque você está dizendo isso agora, ele me respondeu não se preocupe, eu não vou contar nada pro meu irmão porque ele é muito chato, mas tem um preço pra que eu não fale e fica tudo em segredo entre nós dois. Impaciente Sérgio me segurou pelos cabelos bem forte e enterrou aquele cacete na minha boca…. Enquanto morria de vergonha e procurava alguma desculpa olhei na direção dela para dizer algo e… Não disse nada, estava petrificado. Saiu pouquinho,mas minha mulher caiu no papo da punheta no banho, apaguei. "meu nome é David, sou moreno cor de jambo, tenho 25 anos, não sou magro nem gordo tenho 1,80 de altura 80 quilos,tudo começo quando começou quando um dia minha chefe pediu pra que eu levasse ela no banco, pois o carro dela estava na oficina, no caminho ela recebeu uma ligação de seu marido, que pelo que deu pra entender ele a tratou mal, e pelo que parecia não tinha sido a primeira vez, depois que ela desligou ficou se lamentando dele, dizendo que ele merecia ser traído e mais umas coisa, dai pensei é a hora de atacar, pois sempre fui tarado nela, uma morena de 1,70 de altura peitos médios, bunda tamanho GG linda e uma bucetinha pequenininha e apertada…logo comecei a consolar minha chefe e percebi que ela estava decidida a ir fundo na traição, não me deixei perde tempo, mesmo dirigindo comecei a passar a mão na perna dela e consolando ela sempre me dizendo que eu era gentil e que eu deveria ser um ótimo homem, depois de muita conversa chegamos ao banco ela resolveu o problema e decidimos sair pra almoça, leve ela a um restaurante bacana, la conversamos e ela começou a se insinuar pra mim e perguntou se eu teria coragem de ficar com ela, eu disse que sim que ela era muito bonita nova charmosa, só restaurante sem muitas conversa ela já mandou eu ir pra um motel próximo disse que o marido iria ter o que ele queria, fiquei sem palavra e apena obedecia levei o carro ate um motel, ela já bem soltinha acariciava meu pau por fora da calça mesmo, quando entramos no motel ela me deu um beijo e disse que estava doida pra dá, disse que o marido dela não a comia ela e quando ele comia era só uma transa rápida, ela falou que queria um homem de verdade, e eu a mostrei que sou um homem de verdade, já fui abrindo o zíper da calça e ela se surpreendeu com o tamanho do cacete já duro ele mede 19 cm, ela falou nossa é o dobro do corno do meu marido, eu apenas sorrir e a puxei pra que ela a mamasse, e sem frescura ela caiu de boa nele, chupava deliciosamente, mas meu intuito era outro era aquele rabo delicioso, sem demoras coloquei-a de 4 e metir forte naquela boceta que era apertada ela gemia gostoso rebolava como se meu pau fosse o melhor, depois de uns minutos ela gritou mais rápido seu tarado, vai me fodeee porraaaa eu vou gozaaa, sentir que a buceta dela ficou mais lubrificada e mais quente, era o gozo da minha chefinha que delicia eu fiquei loco com aquela cena eu comendo aquela buceta olhando aquele cuzinho piscar pra mim não deu outra gozei dentro dela quando tirei o pau dela ela olhou e falou quero mais,vou contar no próximo pra não ficar cansativo, mas foi uma foda maravilhosa comer minha chefinha!!!"Sentados, saboreamos uma deliciosa cerveja. Deu pra ele ver os seios dela e uma calcinha branquinha… O sorriso dela dizia que ela queria, e como ele também queria… rolou!Quando ele foi lhe dar os beijinhos, ela sorriu e perguntou:– Vão ser os dois tradicionais ou um repeteco do que aconteceu ontem?Ele nem respondeu, abraçou-a e deu-lhe um beijo bem demorado, que ela retribuiu passando a mão na calça dele, bem onde estava o pau e viu que ele já começava a endurecer, e parecia ser bem grande…Tirou a gravata, a camisa e a calça dele e comprovou: era um senhor trabuco que o patrão carregava entre as pernas. Quando me aproximei ela deu um belo sorriso eu fiquei louca imediatamente.

Recebia muitos elegios: Puta, Galinha, Rampeira, Quenga, Piranha, Safada, e assim vai, e meu amor só recebia uma elogio: Corno.

Sou português e como tal peço desculpa se algum termo que usar, não for familiar ao povo brasileiro que domina este site.