Vazou No Whatsapp Vídeo Caseiro Minha Vagabunda Gostosa De 32 Anos Fazendo Anal Com O Caseiro De Sua Casa De Nova Friburgo – Rj

2 min

Categoria:

Tag: ,

visualizações

2 min

Categoria:

Tag: ,

Vazou No Whatsapp Vídeo Caseiro Minha Vagabunda Gostosa De 32 Anos Fazendo Anal Com O Caseiro De Sua Casa De Nova Friburgo – Rj

Vazou No Whatsapp Vídeo Caseiro Minha Vagabunda Gostosa De 32 Anos Fazendo Anal Com O Caseiro De Sua Casa De Nova Friburgo – Rj

Quando dei por mim, Silvia tinha voltado pegar o celular que tinha esquecido e ficou me olhando tomando banho e me olhando com aquela cara de vagabunda.

br"olá me chamo Paula tenho 16 anos 1,60 de altura e 55kgo que vou contar pra vocês aconteceu comigo e até aconteçetudo começou quando eu sempre observava uma garota que mora narua que eu moro, a gente não nos falavamos só trocavamos olhares longoela sempre me encarava quando eu iria sair pra algum lugar, ela moravana parte de baixo da rua então sempre quando eu saia ela me encaravaa gente continuo essas trocas de olhares durante um bom tempão, ai eu começeia sentir uma forte atração por essa mulher maravilhosa, eu sempre mandava bilhetespra ela só que ela nunca respondia nada, e o ano passado em uma tarde ebsolaradaeu estava sentada em calçada e até que pra minha surpresa chega o sobrinho delaum papel e uma caneta e derrepente me fala “tia tá pedindo teu número do whatsapp”nossa quando ele disse isso eu não pensei duas vezes e fui logo escrevendo meu número pra ela, e ali estava ela na minha frente sentada na porta da casa da mãe delae foi desse dia que a gente começavamos a nos falar, quando ela disse o 1· “oi” nossameu coração gelou eu como sempre vergonhosa pra tudo rsrs até que a gente foi con-versando bastante e todos os dias foi se repetindo nossas conversa, como eu já tinhafalado o que eu sentia por ela só aumentava a cada dia que a gente nos falava…a gente foi pegando intimidade e eu fui criando coragem pra falar o que sentia por elapra minha tristeza ela era “hetero” tinha “2 filhos” eu sempre pedia um beijo a ela maisela sempre negava pra mim, quando chegava perto dela eu sentia um tesão encotrolavelpor essa mulher, até que um dia eu fui na casa dela depois que cheguei da escola e uela sentou em uma cama do filho dela e eu na outra, fiquei alí observando a beleza delai tomei coragem e começei a dar em cima dela pedindo beijo e tal, ela falou que tinhamedo, medo de eu contar pra alguém do nosso beijo e eu falei pra ela confiar em mimque não iria contar pra ninguém então nesse dia eu consegui um beijo delanossa que beijo encantador, muito gostoso um beijo dela foi ai que eu me encantei majsainda por ela, ai depois desse dia eu só desejava aquela mulher em meus braços maisiae mais, depois desse dia a gente continuamos nos falar normalmentepra ela foi como se não tivesse acontecido nada, mais pra mim aquele beijo não saiada minha cabeça e ainda não saiu, hoje em dia a gente somos bastante amigas, de vezenquanto a gente ainda dar uns beijos….

Vou contar pra vcs o que aconteceu…Como de costume aos finais de semana vou para meu sítio, pois adoro contato a natureza, banho de cachoeira, piscinas e fico extremamente a vontade no meu sítio uma vez que tenho bastante privacidade, lá tem apenas o caseiro que é casado e tem um filho, o caseiro sempre vejo mas a esposa e o filho raramente.

Eu pedi o que ela estava fazendo e ela me disse: “Você me falou para ficar a vontade e eu fiquei. -Isso,minha putinha gostosa…Isso…Agora,fica de quatro…Outro tapa. Comecei a comentar sobre o video, disse que o pau do ator era muito pequeno e ele estava na profissão errada. Ele já estava cochilando mas ainda brigava contra o sono, sentei no sofá com o prato de miojo ofereci a ele que não aceitou, bem como estava sentada comendo levantei um pouco mais o vestido para aparecer mais minha coxa ,estava iniciando meu plano de provoca-lo percebia que ele olhava de rabo de olho e isso me deixou ainda mais com vontade de provocar e ver até onde isso tudo iria chegar, terminei fui até a cozinha e voltei ele já estava deitado no sofá menor e eu deitei no outro, passou algum tempo e fingi que estava dormindo e mexia pra lá e para cá afim de deixar o vestido subir e fiquei mais à vontade mais “aberta “ rsrsrs sei q ele olhava porque ouvia o barulho do sofá ele estava impaciente louco para me atacar imagino eu, fingi que estava acordando só para ver em que estado ele estava e fiquei chocada, excitada e com agua na boca, o pau dele estava para fora da bermuda na hora senti minha bucetinha piscar e ficar toda molhadinha, queria pular e chupar aquele pau que parecia suculento, mas queria uma atitude dele, virei para o lado e continuei fingindo estar dormindo, deixai uma perna apoiada no chão e a outra no sofá, estava de barriga para cima para provocar mais, a essa altura minha camisola já estava próximo ao umbigo de tanto que me mexi, ouvi quando ele começou a me homenagear batendo uma punheta e minha buceta piscava mais e mais, fingi mais uma vez estar acordando para dar tempo de ele se recompor, sentei novamente no sofá fingindo estar meio desnorteada entorpecida de sono, vi apenas o volume em sua calça e então ele disse – Tirou um belo cochilo em cunhadinha. Ainda mais que neste dia eu tirei o dia de folga e dei umas saidinhas a tarde, parecia que todos os homens sentiam que eu estava faceira, foi um dia de louco!"Quando ela aumenta a velocidade depois de uns 10/15 minutos me chupando, anuncio:Fomos para a varanda tomar cervejas, ela fez alguns aperitivos e logo depois nosso caseiro, vamos chamá-lo de Pedro chegou timidamente.

ela estava de vestido e já tinha tirado a calcinha , se encostou na lateral do carro , abriu as pernas e caí de língua na Buceta que estava totalmente raspadinha e toda melada , ela começou a gemer pedindo para que não parasse de chupar até que ela gozou , mais gozou muito mesmo ,peguei uns lenços de papel e nos limpamos , seguimos viagem e ela falando que ainda queria gozar hoje outras vezes , paramos na subida da Serra e comemos um pão com linguiça e café , chegando em Friburgo , fomos direto para o Hotel que já tinha reservado no Centro da Cidade , deixei ela lá e fui fazer o Serviço , almoçamos juntos , ela ficou passeando pela cidade e quando foi umas 16:00 , fui para o Hotel e ao chegar no quarto ela estava vendo tv totalmente nua , encostada no travesseiro na cabeceira da cama de pernas abertas com aquela visão maravilhosa da Buceta raspadinha dela , fui ao banheiro tomei um banho e voltei de pau duro , ela sentou na beira da cama e começou a mamar minha pica , coloquei um dos pés em cima da cama , segurei a cabeça dela e fiquei ajudando ela e mamar meu pau com aquela língua maliciosa dela , ela me deixava louco , pedi a ela para ficar de quatro , ela ficou de quatro com aquela bunda maravilhosa querendo ser fodida , então botei primeiro na buceta , enquanto metia o dedo no cuzinho dela para facilitar a penetração , ficamos assim por uns 2 minutos , tirei da buceta e coloquei a cabeça bem devagar no cuzinho apertadinho da minha cunhada , fui empurrando devagar até enterrar tudo , ela gemia e falava mete tudo , eu sou gulosa quero ele todinho no meu cuzinho , enquanto eu enterrava a pica no cuzinho dela , ela tocava uma siririca , gozamos praticamente juntos , tomamos um banho , fomos na cidade comer alguma coisa e 2 horas depois voltamos para o HOTEL , caímos na cama e metemos por quase uma hora , agora só na Buceta , acabamos de foder , eu estava com meu pau quase esfolando e ela com a Buceta toda ardida , foi uma das melhores trepadas que já dei , estou até de pau duro lembrando desse dia maravilhoso com a companhia da minha cunhada rsrs ….