Sexo amador mulher do corno crente metendo gostoso pro corno filmar enquanto seu marido corno grava do parÁ

5 min

Categoria:

Tag:

visualizações

5 min

Categoria:

Tag:

Sexo amador mulher do corno crente metendo gostoso pro corno filmar enquanto seu marido corno grava do parÁ

Sexo amador mulher do corno crente metendo gostoso pro corno filmar enquanto seu marido corno grava do parÁ

Tinha outros clientes na loja mas assim que saíram , ela ficou sozinha e chamou o vendedor pra perguntar sobre algum produto da prateleira , ele se aproximou e mesmo do carro , do outro lado da rua eu pude ver que ele não tirava o olho do decote dela , mesmo porquê o decote da loira chamava a atenção de qualquer um que gosta de mulher , rsrsrsrsrs , ele olhava muito também para as pernas que apareciam muito por causa do vestidinho , ela se abaixava pra pegar algo e dava pra ver um pouquinho da polpinha , aí ele despistava e olhava diretamente pra bunda dela , o que já me deixava de pau duro no carro , ficaram assim um tempo , ela andando pra um lado e pro outro olhando produtos e ele a seguindo com os olhos , então ela foi pros fundos da loja para ver louças e talheres eu acho , ele ficou observando de onde estava , a safada fez questão de pegar um íten na prateleira mais baixa quando apareceu sua bunda que escondia uma calcinha fio dental vermelha muito pequena mesmo , deu pra ver até o delicioso pacotão da xoxota dela por trás , reparei que o cara até apertou o pau por fora da bermuda fina e larga , aparentando estar até sem cueca, me deu um tesão danado , até por que ela não era de ousar muito assim apesar de eu sempre pedir pra ela se exibir um pouquinho por aí , ela se levantou e chamou pelo rapaz novamente , ele prontamente foi até ela , pareceu que ele olhou o preço e conversaram um pouco mais , o que a safada não me contou depois , kkkkkkk , só pra me provocar , aí ela escolheu algo ali pra comprar , pra justificar sua permanência na loja mais um pouco , deu a volta nas prateleiras e quando foi passar de volta pra prateleira dos talheres passou bem perto dele , roçando de leve o bumbum no rapaz , aí sim , deu pra ver que ele estava de pau duro com a freguesa que acabara de conhecer , sua bermuda estava evidentemente armada , kkkkkkkkk , volta e meia ele apertava a cabeça do pau e com os olhos vidrados na minha esposa gostosa e safada ; ela foi até o balcão , deixou os produtos e voltou dando mais uma volta em toda a loja , entre as prateleiras , sempre que dava , pegava algo embaixo pro seu vestidinho , já acostumado , se levantar um pouco mais e mostrar o que o rapaz estava louco pra apertar , morder , lamber , sei lá.

Nessas horas meu rabo sangrava muito e eu estava assustado com a conseqüência. Puxou-a para o “gramado”, tirou-lhe a calcinha, deitaram-se ali, encheu-a de beijos e vendo que ela já estava molhadinha, enfiou o pau, de ladinho, e a comeu bem gostoso. Minha mãe me perguntou se meu pênis era normal, se eu tinha ereções, se eu me masturbava (esta pergunta me chocou muito, porque minha mãe é muito crente e me disse que tudo bem se masturbar, que é saudável), se eu já havia tido relações, se eu gostava de garotas e o tamanho do meu pênis.

– Ela ria enquanto se tapava com o lençol.

-Isso corno, fica de pau duro de novo, fica com a rola bem dura enquanto sua mulher dá pro preto da rola gigante.

Ele queria que fizesse um filme erótico amador, onde ele seria o diretor e câmera, e eu seria sua atriz principal. Se eu desmascaro, eu torno pública a minha situação de corno.

Quando um certo dia enquanto trabalhava recebo um telefonema de uma mulher que apenas me disse:”TUA MULHER TA TE TRAINDO!” E desligou o telefone.

O sexo daquele dia terminou comigo gozando no cu dela, mas não foi só essa vez que transamos, sempre que o marido da madame safada viaja ela liga para a portaria e manda eu subir para foder ela gostoso, ela sempre fala que o marido dela é fraco na cama e que apenas eu consigo satisfazê-la. ela- simsim sim, enfia denovo"Ele foi metendo, metendo bem de vagar, tirando e colocando, cada vez mais, até que eu senti seus pentelhos na minha bunda, o pau já estava todo dentro do meu cuzinho.

Certa vez resolvemos filmar nossa transa, com eu já tinha tentado fazê-lo sozinho e não tinha conseguido, resolvemos chamar alguém de confiança que pudesse fazer isso para nós. (Ele ainda pensa que trepou com a Mônica, a escuridão manteve minha condição de corno secreta).