Safada Se Masturbando Na Igreja

10 min

Categoria:

Tag:

visualizações

10 min

Categoria:

Tag:

Safada Se Masturbando Na Igreja

Safada  Se Masturbando Na Igreja

Anderson de 4,pernas abertas,Geraldo de um lado,pau duro,e Expedito de outro se masturbando…e todos nós na maior punheta,meu pau babava de tanto tesão.

Bem continuamos dançando ele com a minha calcinha na mão, falou baixinho; vem rebolar vem safada, eu louca p sentir aquela pica grossa na buceta, fui dançando me esfregando nele, sentir a pica já dura e falei, amor quer fuder bem gostoso nessa sua pica, me come amor? ele respondeu, vou te fuder bem gostoso minha putinha, eu rebolando a bunda no seu pau, e minha buceta já escorrendo meu líquido, com a beceta toda encharcada, ele me levou p um canto na boate e abriu o zíper da bermuda e falou; olha sua puta como vc me deixa,eu louca p sentir( nunca tive tanta vontade em dá p ele)vem amor mete gostoso nessa buceta que é toda sua, ele encostou mais em mim,levantou um pouco minha perna e meteu tudo de uma vez, eu dei um gritinho e ele me beijou para abafar o som,eu sentindo aquele pau grosso q eu tanto gosto entrar rasgando em mim, ele falando no meu ouvido, rebola sua puta vai, eu rebolando gostoso, levada pelo ritmo q estava tocando, ele me encostou na parede e começou a meter forte e falando vou encher vc de porra,sua putinha,não é pica q vc quer então toma, e eu, ai amor que delícia de pica vc tem, ele qdo chegar em casa vc vai dá esse cuzinh p mim vai( nisso ele meteu um dedo no meu cu,e eu me arrepiei toda) e ele falou vc gosta né safada de dá esse cuzão p mim né, eu; adoro amor, em casa vc promete meter bem devagar p n me machucar,pois sua pica já machuca minha bucetinha, depois q falei isso ele começou a meter mais forte e falar vou gozar minha puta; ham,ham, me deu um beijo bem gortoso e eu sentindo sua pica pulsar dentro de mim, nos beijamos mais p acalmar os ânimos e voltamos para curtir o camarote. Acertamos com 50% extra por agradecimento e desta vez ela foi com Tony, para aproveitar carona de volta para Indianópolis;"Fui uma moça criada na igreja, cheia de regras.