Putaria brasileira loira vagabunda comendo delicia para namoradinho de campo grande – ms

1 min 20 seg

Categoria:

Tag: , ,

visualizações

1 min 20 seg

Categoria:

Tag: , ,

Putaria brasileira loira vagabunda comendo delicia para namoradinho de campo grande – ms

Putaria brasileira loira vagabunda comendo delicia para namoradinho de campo grande – ms

Levantei sutilmente sua camisola chegando até sua vagina e comecei a lamber metendo a língua cada vez mais forte mordendo seus grandes lábios enquanto ela segurava minha cabeça e empurava cada vez mais forte contra o seu quadril até gozar, ela ficou louca, tremeu suas pernas de tão gostoso que foi. Fui ao banheiro me molhei e voltei com a langerie colada e transparente, aflorando uma extrema sensualidade vagabunda.

Vi voce comendo o cú dele e ele pelo jeito gostando, pois vi que ele tb.

Logo que todos foram embora comecei a puxar uns papos com Julia: faculdade, ficantes, namoradinhos, sexo, etc. Minutos depois chega a mesma loira da foto do jornal.

Morávamos em uma grande capital brasileira, em um apartamento de 50 metros quadrados e para meu desespero minha filha ganhou um poodle macho de presente, cachorro já da trabalho, imaginem dentro de um apartamento. Quando eu tinha 14 anos, meus pais se divorciaram e eu fui morar com minha mãe, em Campo Limpo (zona sul de SP), onde eu tinha muitos parentes. Eu já estava com a pica latejando e ela então disse que queria experimentar minha pica dentro da bucetinha dela, ele mesmo preparou minha pica colocando a camisinha e deixando tudo prontinho pra ela vir sentar , claro que ele fez questão de ajudar segurando a pica durona pra ela sentar, ela então sentou e cavalgou a minha pica enquanto eu acariciava seu corpo, beijava seus seios junto com ele que ia beijando ela e falando putaria até ela gozar bem gostoso pela segunda ve. A noite e foi posar em minha casa, nos deitamos junto, ele desligou a televisao e apagou a luz, ele comecou a pegar em mim e a me beijar o corpo, eu ainda estava um pouco receioso, mas o tesao falava mais alto (em tempo quando eramos adolescentes sempre ele era minha putinha, canssei de gozar na bundinha dele), ele me bolinou, me chupou, nunca tinha sentindo uma boca tao gostosa quando a dele, ele queria que queria que eu o comesse, mas quando coloquei na portinha do cuzinho dele logo gozei, ele foi me virando bem devagar e lambendo meu butao, ainda estava com medo, ele foi colocando aquele pintao nao portinha do meu cuzinho, foi entrando bem devagar, quando vi apesar da dor ja estava dentro, senti uma coisa gostasa e mandei tudo as favas e comecei a rebolar, que delicia que estava, este bondanbo eu eu rebolando.