Porno Caseiro Dos Bons Minha Pretinha Muito Cavala De Quatro Fudendo E Tomando Leitinho Do Seu Macho De Blumenau

41 seg

Categoria:

Tag: , , ,

visualizações

41 seg

Categoria:

Tag: , , ,

Porno Caseiro Dos Bons Minha Pretinha Muito Cavala De Quatro Fudendo E Tomando Leitinho Do Seu Macho De Blumenau

Porno Caseiro Dos Bons Minha Pretinha Muito Cavala De Quatro Fudendo E Tomando Leitinho Do Seu Macho De Blumenau

Ele penetrou na minha bucetinha foi incrível qr gemer e não podia isso me excitava mais. As caricias foram diminuindo de intensidade e olhando o relógio verificamos que a noite estava acabando passavam das quatro horas.

Logo ele me colocou de quatro em uma cadeira e de uma sá vez enfiou aquele pauzão grosso na minha bucetinha até o talo e eu toda safada gemi dizendo:rn-aiii…meu sogro tarado…seu pau é muito grande…muito grosso…nossa…sá dei pra pinto pequeno…aiii…tarado!rnTodo tesudo ele me deu uns tapas na bunda e disse:rn-deixa de frescura sua vadia…tenho certeza que vc é uma puta que gosta de pau grosso de macho…rebola vagabunda….

Mas tarde já em Blumenau saimos eu minha esposa e Convidamos ela novamente para ir junto e ela aceitou de pronto e mais uma vez eu vi ela em uma felicidade incrivel, Já no Hotel eu e minha esposa começamos a conversar e foi quando minha eposa comentou que A fabiana tinha reclamado com ela sobre o seu namorado, que nunca saia com ela, que quase nunca ia a praia e que o namorado gostava de trocar ela para sair com os amigos e que quase nunca procurava ela que sá transavam de vez em quanto, e perguntou se ela achava isso normal.

mas ele aproximou se de mim e disse maninha do meu coração, eu te amo amor da minha vida, deixa eu ver a sua bucetinha, eu quero saber se ela é loirinha ou se é pretinha igual as outras, eu estava apavorada e com uma mão eu tapava os meus seios e com a outra eu tapava a boceta, com uma carinha de safado, ele começou a me elogiar, dizendo que eu era linda e que o meu rosto parecia uma boneca, que as minhas coxas eram lindas e gostosas, aquelas palavras foram me deixando mais relaxada e excitada, ele começou a puxar a minha, para que eu me liberasse para a sua visão. Estava de pau duro, e por estar sem cueca estava marcando muito minha piroca, que é uma tora de 18cm, no momento em que cheguei percebi um olhar direto para meu penis, dei uma mexida com a mão nele por cima do shorts e andei até o caixa, a raimunda estava em estado de choque com o que acabara de ver, mal conseguia passar o produto para me dar a notinha, então perguntei:– Tudo bem querida? Parece estar com a pressão baixa. Novamente ele quis gozar na minha boca e toda submissa e bem sensual sussurrei:rn-quer gozar na boquinha…da sua putinha…né…seu safado…goza…enche minha boca de leitinho…tarado…goza gostoso…sua nora querida…agora é sua escrava sexual…é disso que vc gosta…seu tarado pauzudo! Goza!rnEle deu um urro e novamente gozou abundantemente enchendo minha boca.

"Fiquei de pau duro na hora , então não tirei imagem da tela , e chamei a minha cunhada para me falar qual era o defeito , ela gritou que estava tomando banho e já ia lá no quarto , fiquei esperando de pau duro imaginando eu e ela fazendo sexo anal , sempre quis fazer sexo com ela , bem demorou uns 5 minutos ela entro no enrolada em uma toalha bem pequena para o tamanho dela , dava para ver o começo das nádegas e com aquelas coxas torneadas e maravilhosas. Ficamos fudendo a tarde toda, em cima da mesa , imprensada da parede (adoro isso), de quatro.

Para finalizar a pornografia o homem mandou minha mulher sentar em seu pau, ela sentou com vontade enquanto ele apertava seus grandes mamilos e chamava ela de puta safada e puta sem vergonha.

Nas primeiras páginas, o que tinha era uma loira cavala bem deliciosa em poses que me deixavam de pau duro toda vez que abria aquela revista. Chegamos ao sitio por volta de oito da noite, assim que chegamos ela foi tomar um banho e eu fiquei a conversa com o caseiro sobre as tarefas da semana.