Porno Caseiro Delicioso Preta Gostosa Perfeita Dando Uma Alargadinha No Cu Com Encanador Na Beira Da Lagoa – Rs

80 seg

Categoria:

Tag:

visualizações

80 seg

Categoria:

Tag:

Porno Caseiro Delicioso Preta Gostosa Perfeita Dando Uma Alargadinha No Cu Com Encanador Na Beira Da Lagoa – Rs

Porno Caseiro Delicioso Preta Gostosa Perfeita Dando Uma Alargadinha No Cu Com Encanador Na Beira Da Lagoa – Rs

Adorei tudo!""Era uma sexta-feira a tarde quando larissa me liga me convidando para sair aceito seu pedido e marcamos de nos encontrar as 19:00 horas Larissa é branca de cabelos ruivos 1,70 de altura 67 kg e olhos cor de mel enfim linda…Assim como o combinado nos encontramos as 19:00 ela como Sempre linda ao me ver me deu um sorriso maravilhoso nos abraçamos e pedimos uma cerveja conversa vai conversa vem e noto a Larissa olhando para meus lábios Sempre que Eu falava fingir nao ter percebido e me levantei dizendo que irei ao banheiro ela diz que vai junto comigo nessa hora sinto um arrepio sem motivos assim que entramos no banheiro ela me encosta na parede e diz que me quer a muito tempo e que Eu seria dela naquela hora entao ela me beija me segurando pela nuca mordendo meus lábios me apertando pela cintura Eu ficando cada vez mais excitada porém pedi para que ela parasse por receio de alguém entrar no banheiro e nos ver naquela cena ela concorda em parar mas já deixa bem claro que eu iría dormir na casa dela Eu concordo e saímos do banheiro voltamos a tomar algumas cervejas até que ela me avisa que está na hora de irmos embora pagamos a conta e fomos pra casa dela…Continua"Passados alguns minutos, percebi que ela passava lentamente a mão no pau do cara, enquanto bebia um caipira oferecida por ele anteriormente e eu na água, vendo tudo e ja batendo uma dentro dágua, fiquei pensando que ela ia chupar o cara ali na frente de todo mundo, mas por sorte me enganei e então ela pegou na mão do cara e entrou no carro que estava a uns 15 metros do nosso guarda sol…Angela estava exausta, quando viu que o pau do sobrinho não baixara ainda se apavorou. A cara de alegria do barqueiro me dizia que havia “algo” na lagoa além do barco dele… eu já tinha ficado grilado vendo ela ir de minissaia, o normal seria uma bermuda ou calça comprida, por causa dos mosquitos. Eu estudava em um colégio, que o uniforme era blusa branca e saia xadrez rodada, aquela sainha deixavam os meninos doidinhos, principalmente no dia em que estivesse ventando, eu e as minhas amigas deixávamos a saia subir, só para mostrar a calcinha pros meninos, ainda mais que tenho as coxas grossas, eu deixava os homens loucos, eu também ficava toda excitada, ao ouvir eles me chamando de gostosa e de outras coisas mais, cheguei em casa muito excitada e vi que o meu irmão, estava deitado no chão da sala, assistindo um filme na teve, reparei que ele estava bem no meu caminho, com o rosto virado pra cima e como eu estava a fim de me mostrar e de me exibir, então passei bem de vagar, por cima do seu rosto dei uma paradinha rápida com as pernas bem abertas.

Sou casada a uns 10 anos, e de um tempo para cá meu casamento foi ficando sem graça acho que caiu na rotina, meu marido foi meu primeiro homem, e com o tempo começamos a nos desentender bastante, principalmente na hora do sexo, pois ele começou a assistir filmes pornô comigo, só que sempre era de vários homens comendo uma só mulher, depois começou a fantasiar nos dois e mais um ou dois homens me comendo junto com ele e acabou que eu me sentia mal com aquilo, pensava um monte de besteira, até que um dia brigamos feio e ele saiu de casa disse que iria passar uns dias no outro apartamento que tínhamos para esfriar a cabeça.

Vestimos nossas bermudas com nossos paus melados pelo delicioso orgasmo que tivemos,pagamos nossa gatinha e fomos embora. Ele chupava tanto mas tanto meu grelo que ele ficou inchadinho e minha xotinha toda desbeiçada, eu não conseguia parar de olhar pra ele lá embaixo se deliciando com a minha buceta carnuda e molhada, ele começou a meter dois dedos na minha xaninha enquanto me chupava até sair caldo, eu comecei a rebolar nos dedos dele, e assim seguimos por mais dez minutos, ele levantou quando ouviu uma batida na porta do banheiro, era minha mamãe perguntando se eu estava ali, ele safado, tirou o pau pra fora uma rola grossa preta, e com o cabeção meladinho, e mandou eu ficar de quatro eu não podia pq lá fora estava minha mãe, ele me colocou apoiada na pia, e com o bundão empinado pra ele, e começou a meter no meu rabinho virgem, ele safado um cachorro se aproveitou que eu não podia gritar de jeito nenhum e começou a me enrabar sem dó nem piedade, eu mordia meus braços pra não gritar, ele socava e eu sentia minhas preguinhas do cu apertado se abrirem, a dor foi amenizando e a ideia de saber que eu tava sendo fodida enrabada por um macho gostoso, safado, e experiente lá dentro do banheiro enquanto meus pais estavam lá fora me procurando me deixou mais excitada, todos preocupados comigo e eu dando meu rabo gostoso, foi quando eu ouvi meu pai gritar meu nome desesperado, ligava pro meu celular que tinha ficado no meu quarto, e nisso eu senti a porra quente e gostosa do negão caralhudo escorrer cuzinho à baixo… que transa gostosa, pena que foi rápido, mas vamos marcar a próxima""Depois que minha mãe saiu ficamos vendo filmes e ele sempre me olhava. Mais tarde quando não tinha ninguém na academia por alguns minutos, conversamos a respeito do ocorrido, ele falou que foi uma das melhores situações que já tinha passado, que eu sou uma gostosa perfeita!!Depois do treino, peguei meu carro e fui para panificadora comprar coisas boas para fazer um café para meu noivo que estava em casa me esperando, louco para saber de tudo o que aconteceu!Cheguei em casa toda gozadinha e meu gato André começou a me pegar muito gostoso, acabou com a minha bucetinha.

Depois de algum tempo mandou que eu ficasse de quatro na beira da cama e apontou quase 20 cm de tora na direção do alvo, meu cuzinho. Meu tio, cheio de ideias, sugeriu que eu fosse conhecer o pomar com Toínha, a filha do caseiro, que também estava na copa.