Negão Dotado Fez A Mulher Do Corno Pedir Uma Pausa

visualizações

51 seg

Categoria:

Tag: , , ,

Negão Dotado Fez A Mulher Do Corno Pedir Uma Pausa

Negão Dotado Fez A Mulher Do Corno Pedir Uma Pausa

De repente, o louro começou a gemer mais alto… ia gozar… Ele acelerou os movimentos, disputando cada centímetro dentro de mim com o negão.

Depois de certo tempo já estava meio tonta e conversa vai conversa vem começamos a falar do casamento e ai comecei a contar tudo para eles inclusive dos vídeos pornô, tentando ver o q eles achavam, e comecei a perceber que eles se excitaram pois os dois ficaram de pau duro no shorts como pude observar, mais o q me chamou atenção foi o amigo do meu primo o Júlio, rapaz alto e forte moreno claro, deveria ter mais de 1,80 m e percebi que o volume no seu short era grande, aquilo me deixou muito excitada mesmo, senti que estava ficando molhada, pensei o que estou fazendo vou levantar um pouco e ir ao banheiro, quando me levantei pude perceber nitidamente que os dois olharam descaradamente para minha bunda grande e arrebitada, aquilo me deu uma coisa por dentro q nunca tinha sentido continue andando mais percebi que fiquei mais tonta ainda e pensei quer saber o corno não quer e isso mesmo, vou provocar só apara ver no que vai dar. Jogos uma hora e meia, tomamos algumas, quando resolvi pedir uma pizza para galera.

Minha mulher estava demais, mesmo tendo muita gente ao redor ela ficou alisando a sua xota e se masturbando para mim que estava apenas olhando doido para foder ela com força mas não tinha como.

Raliely gritou mais três vezes apesar da ação estar pausada terminando de exorcizar aquela diabinha tarada que vivia em sua cabeça, pelo menos por enquanto. Dotado, e nem um Brad Pitt da vida, mas preciso que me faça sentir uma puta de verdade, e que seja muito, mais muito discreto, pois ainda amo meu marido e não me vejo sem ele, então quem quiser tirar maior proveito de mim, quiser me usar, me fazer de sua puta, precisará ter um pouco de paciência no começo, pois não posso me expor tanto a ponto de fazer com que uma fantasie destrua meu casamento.