Namorada Dando O Cu Pra Uma Travesti

Namorada Dando O Cu Pra Uma Travesti

Namorada Dando O Cu Pra Uma Travesti

"Isso aconteceu no dia que fui na casa da minha namorada pela primeira vez.

Naquela altura, minha imaginação ja viajava e eu estava de pau duro. muitas fotos , nenhuma Nua"Ficou todo mundo boquiaberto, mas eu já tinha vivido algo parecido, então comentei com ele que não era tão estranho assim. Ao nos aproximarmos minha esposa pediu que eu encostasse para falarmos com ela, encostei a moto em que andávamos e ela perguntou quanto era um programa a três, ao que o travesti falou que era R$ 50,00, ela então perguntou se ela era ativa e passiva e qual o tamanho do seu pau, o travesti respondeu que era ativa e passiva e que seu pau tinha 18cm e era bem grosso, ela ficou logo doida para ver ali mesmo e o travesti levantou a mini saia e mostrou sua bunda linda, minha mulher não resistiu e disse que estava combinado iríamos levá-la para casa para transarmos os três.

Acendi os 2 baseados e ficamos fumando ali, enquanto a Yasmin escolhia um filme.

Eu de leve comecei a punhetar, e ele chegou perto e passou a mão em meus seios, e começou a desamarrar minha camisa fazendo eles ficarem livres. Entao no ultimo dia estavamos eu e as minhas amigas curtindo muito a ultima noite quando me aparece aquele deusa na boate… fiquei completamente louca, mas fingi que nao a vi! Quando deu mais ou menos umas tres horas da manha uma das minhas amigas passou mal e eu fui com ela para casa, deixei ela em casa e peguei o caminho de volta para a boate, mas foi exatamante nesse caminho, quando a rua estava completamente deserta que a Sarah apareceu! Primeiro eu tentei passar direto mas ela me puxou se desculpou pelo outro dia e disse que so queria conversar… estava meio confusa, mas acabei por aceitar! Entao andamos muito e chegamos a uma praia escondida entre umas pedras, completamente deserta! Sentamos e comecamos a conversar, ela me disse que era lesbica e que tinha ficado parada na minha e que como eu tinha dado corda pra ela ela achou que eu tambem quisesse algo.

Era difícil, mesmo pra ela, beber como uma cadelinha.

você se curvou um pouco e eu se incluindo para que eu pudesse beijá-los, chupava os mamilos, mordia os biquinhos de leve… você dizia que nunca haviam lhe comido dando tanta atenção ao seu corpo inteiro desta maneira. – Que puta vc é, adoro um cu guloso.