Minha Esposa Novinha Convida Mega Dotado E Chora No Pau Dele Enquanto O Corno Filma Tudo – Corno E Puta Realmente Amadores – Completo No Red

visualizações

10 min

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , , , ,

Minha Esposa Novinha Convida Mega Dotado E Chora No Pau Dele Enquanto O Corno Filma Tudo – Corno E Puta Realmente Amadores – Completo No Red

Minha Esposa Novinha Convida Mega Dotado E Chora No Pau Dele Enquanto O Corno Filma Tudo – Corno E Puta Realmente Amadores – Completo No Red

Depois de muita chupada na minha xoxota o corno do meu marido que estava sentado assistindo falou: “Agora come ela João, mete com força na buceta dessa vadia”.

– “Nem pense em sair daí, engraçadinho…”, disse, e enquanto o Marcos começava a bombar seu pau dentro da Paty, ela deitou-se sob a amiga, como em um meia-nove.

Morava sozinho em Brasília,vim de Minas Gerais para o Distrito Federal porque tinha me separado e muito decepcionado vim tentar uma vida nova chegando na capital do país aluguei um apartamento onde morei por 2 anos só, eu com meus 37 anos pensei vou viver na solidão, amo cozinhar e no apartamento de frente morava duas mulheres a mãe e a filha, a filha tinha 19 anos e nos víamos muito pouco é somente nos cumprimentamos até que um dia fui fazer uma pizza, afinal amo cozinhar, deixei assando e desci para comprar refrigerante quando me deparei com a vizinha de 18 anos e ela me disse ta cheirando pizza e parece deliciosa pelo cheiro eu disse que estava fazendo e ela já foi pedindo um pedaço, falei que tudobem e que levaria pra ela quando terminar e resumindo bati na porta dela é entreguei o pedaço ela adorou, depois ficamos amigos e ela me disse que sua mãe era enfermeira e as vezes ficava algumas noite só, uma certa noite ela bate na porta e pergunta se pode entrar eu disse só um momento, como adoro andar de sunga dentro de casa fui colocar bermuda, ela perguntou por causa da demora e expliquei então para minha surpresa ela disse se for sunga pode ficar pq estou acostumada a ver homens assim no clube, eu disse assim melhor então ela insistiu em me ver de sunga até que fui no quarto é retirei a bermuda, percebi seus olhares para minhas coxas grossas e o volume dentro da sunga afinal sou dotado,comemos, rumos, e ela começou a dizer coisas sobre sexo e disse que era evangélica e que nunca tinha ficado com homens, e ficava falando você deve ter muitas mulheres em seu pé, eu disse que trabalhava muito as vezes tinha uma ficante porque eu não era de ferro, ela disse vou lá em casa tomar banho posso ficar aqui vendo filmes até dar sono? Porque minha mãe foi trabalhar hj é n queria ficar sozinha, eu disse que tudo bem, ela foi tomar banho e eu também aproveitei e fui banhar também, quando ela volta vem com uma saia branca tecido mole e curta, eu fiquei meio paralisado meu pau deu um pulo na sunga e ela percebeu é brincou nossa como ele ficouenorme acho que ele me quer, fiquei sem palavras, então sem perca de tempo dei um abraço nela e apertei ele no corpo dela e meu pau pulsava tanto e a beijei loucamente, ela se esfregava em mim, fiquei louco de tesão puxei até meu quarto a joguei na cama, fui beijando seu pescoço tirei sua camisa é saia e vi aquele corpo de ninfeta novinha é nem acreditava, ela olhou nos meus olhos e disse sou toda sua faça o que quiser comigo, arranquei o sutiã é chupei delicadamente seus peitinhos duro, desci beijando seu copo até chegar em sua calcinha é mordi a beirada da calcinha e fui retirando com a boca, quando olhei sua buceta nossa bem carnudinha é com pelinhos desenhado parecia um cavanhaque, subi lambendo suas coxas, e abocanhei sua buceta atirava a língua nela com vontade fiquei chupando até que ela contorceu e gemeu alto, tinha gozado em minha boca, subi beijando seu corpo beijei novamente um beijo apaixonado e mamei novamente seus peitos, a coloquei de quatro e lambida sua buceta coxas e cuzinho, beijava suas costas, enfim dei um beijo de língua, ai tirei minha roupa e quando ela viu meu pau ela ficou paralisada e disse por isso as mulheres te adora, tenho um pau lindo grande cabeça vermelha e grande sem mancha é Carocinhos, sem nenhuma deformidades todo depiladinho ela começou a mamar meio atrapalhada mas fui ensinando até que ela passou a mamar bem gostoso, ele olhava pra mim com aquele olhar de menina inocente e safada é sorria enquanto devorava meu pau, pra minha surpresa ela disse quero que goza em minha boca, como demoro gozar eu disse depois gozo, ai peguei lubrificante e passei em sua bucetinha e fiquei esfregando na entradinha é fui enfiando devagar ela começou chorar baixinho e parei, perguntei se queria que parasse ela falou tá doendo muito mas eu quero muito você, então fui beijando e fazendo movimentos de vai e vem devagar até que sentir rompendo o ímem e fiquei parado dentro dela por um tempo, ela falou em meu ouvido meu bem pode me fuder agora já não dói muito, comecei a meter com vontade e ela gemia muito eu ficava louco, coloquei ela de quatro segurei seus cabelos dava tapas em sua bunda e metia com vontade ela gozou muito depois de fazermos em várias posições, tirei meu pau ela abriu a boca e gozei muito dentro daquela boquinha e pra minha surpresa ela engoliu tudo, fomos tomar banho e ficamos deitados nos beijando e a partir daquele dia uma noite sim é outra não ela sempre vinha dar pra mim, até que após um ano mais ou menos ela arrumou namorado da igreja e se casou. Papai foi até a fazenda onde trabalha como capataz ver se estar tudo em ordem, enquanto D Laura sua esposa vai ajeitando a mesa e as roupas para irem todos à missa na Capela do vilarejo, onde Padre Fidelis um tarado inveterado aguarda os fies e suas ninfetinhas e esposas não tão fies assim para o culto.

Fiquei muito excitado, mas lembrei que ele tinha bebido e não queria me aproveitar de uma situação como aquela, levei meu pai para o quarto ajudeio a se secar ele se deitou na cama eu ia para meu quarto quando ele segurou em minha mão e disse:_Não, não vá fique aqui! Durma comigo hoje.

Eu chorava e pedia para pararem, mas só escutei o oficial dizer: segura!!… Ai uma dor terrível, uma coisa que nunca senti igual, fez eu soltar um grito tão alto e rouco que um dos guardas tapou minha boca com a mão.

Marlene, bem ao nosso lado, ao lado da cama, ao filmar o boquete de Sandra mais de perto, ficou com sua bunda virada para mim. E como ele tinha ficado durante aqueles dias na fazenda andando a cavalo no sol estava bem bronzeado e então brinquei dizendo:rn-acho que meu querido sogro…andou frequentando uma piscina la na fazenda…tá todo bronzeado…também! rn-que nada Leila…la não tem piscina…mas tem um rio maravilhoso…qualquer dia desses vc vai conhecer…da até pra gente nadar pelado…é bem tranquilo…sá que não fica nenhuma marquinha no corpo!rn-que legal…lágico que quero conhecer…mas…realmente eu gosto de ficar com marquinhas de biquínis no verão…acho muito sexy…principalmente na bunda…seu filho…Rogério gosta muito! RSS. Coloco uma mão por dentro de sua calça, por cima da sua calcinha, calcinha essa que quase me faz ter um orgasmo neste instante, era de algodão, rosa bem claro, bem cavada, sem desenhos, típico de menina novinha.

Ela completou dizendo que só aceitava fazer programa com o Jonas porque precisava do dinheiro, mas que se ele quisesse, faria de graça para ele! Fiz questão de mudar de assunto rapidamente e fui salva pela chegada do meu ônibus. Adorei tudo!""Era uma sexta-feira a tarde quando larissa me liga me convidando para sair aceito seu pedido e marcamos de nos encontrar as 19:00 horas Larissa é branca de cabelos ruivos 1,70 de altura 67 kg e olhos cor de mel enfim linda…Assim como o combinado nos encontramos as 19:00 ela como Sempre linda ao me ver me deu um sorriso maravilhoso nos abraçamos e pedimos uma cerveja conversa vai conversa vem e noto a Larissa olhando para meus lábios Sempre que Eu falava fingir nao ter percebido e me levantei dizendo que irei ao banheiro ela diz que vai junto comigo nessa hora sinto um arrepio sem motivos assim que entramos no banheiro ela me encosta na parede e diz que me quer a muito tempo e que Eu seria dela naquela hora entao ela me beija me segurando pela nuca mordendo meus lábios me apertando pela cintura Eu ficando cada vez mais excitada porém pedi para que ela parasse por receio de alguém entrar no banheiro e nos ver naquela cena ela concorda em parar mas já deixa bem claro que eu iría dormir na casa dela Eu concordo e saímos do banheiro voltamos a tomar algumas cervejas até que ela me avisa que está na hora de irmos embora pagamos a conta e fomos pra casa dela…Continua"Passados alguns minutos, percebi que ela passava lentamente a mão no pau do cara, enquanto bebia um caipira oferecida por ele anteriormente e eu na água, vendo tudo e ja batendo uma dentro dágua, fiquei pensando que ela ia chupar o cara ali na frente de todo mundo, mas por sorte me enganei e então ela pegou na mão do cara e entrou no carro que estava a uns 15 metros do nosso guarda sol…Angela estava exausta, quando viu que o pau do sobrinho não baixara ainda se apavorou. Ela pressentiu que, como todo corno último a saber, Gil não queria acreditar que ela adorara ser enrabada por Ruddi.