Metendo Na Esposa Rabuda De Quatro Com A Ajuda Do Corno

visualizações

98 seg

Categoria:

Tag: , , , , ,

Metendo Na Esposa Rabuda De Quatro Com A Ajuda Do Corno

Metendo Na Esposa Rabuda De Quatro Com A Ajuda Do Corno

-Ahhhhhh – Foi tudo o que ele conseguiu dizer no momento, e assim que recuperou o fôlego me chamou novamente de puta e repetia sem parar :– Aí que delícia, vai rebola mais, sua puta rabuda, vai, vai, isso, rebola essa buceta no meu pau vai. "boa tarde tenho uma esposa muito fogosa e gostosa, ela tem 1,16 de bunda morena clara gata ,certo dia estavamos na praiacaminhando encontramos um quiosque em uma parte um pouco deserta entao paramos bebemos algo comemos entao fomos caminharum pouco pela beira do marcaminhamos durante uns 30 minutos praia bem deserta entao decidimos beber algo na volta ela muito delicada pediu para quecomprasse uma batida de leite condensado, chegando ao quiosque nao havia ,entao ela perguntou se havia leite de coco, nao tinha , entao bebemos uma cervaficamos mais um pouco ate entardecer, entao voltamos para a mesa ela fazendo birra que nao tinha o que queria entao decidiu que fossemos tomar um banho de mar na frente do quiosque entao fomos ela voltou de fio dental peitinhos pequenos bem delicados durinhos ,o garçon estava um poucode olho ela me disse que estava com muito tesao a buceta dela estava quente, entao eu disse para ela segurar aquele tesao, ela disse que estava muito afim, ela agaixou na mesa de bunda para ele, e eu tirei o biquini debaixo de ladinho ele começou a rir ,entao fomos ate o garçon ela perguntou tem leiteele disse que estava chegando, ela muito contente foi para mesa conversamos um pouco ele chegou e disse que iria preparar , entao demorou um pouco minha esposa ja tinha percebido que ele estava brincando quanto ao leite, ele chamou ela para o balcao e disse se queriamos que ele fizesse o leiteela ficou um pouco envergonhada e disse que sim, entao ela foi entrando no quiosque ele me chamou tambem, entao chegando la tinha um sofa nao muito confortavel de palha ele tirou para fora o pinto mais ou menos 19cm grosso cabeçudo roxo ela nao pensou duas vezes começou a mamar aquele cacete, mamava falandohum que delicia quero pau, mamou uns 4 minutos ele gozou bem rapido, muito leite ela engolia ele gozava , entao ela disse que a bunda dela era bem grande mas o cuzinho e buceta bem apertadinhos ele vibrava de tesao por ela, ela pediu para que fizessemos um anal nela ele topou na hora, eu pedi para queele pegasse ela no cuzinho no colo, entao ela agaixou ele pegou ela de frente de costas para mim, eu via aquela buceta escorrendo goza dela pingando ela falava aii meu cuzinho vai bem devagarzinho quero sentir ele todinho, entao ela pediu para que fizessemos uma dupla penetracao nela, entao ela tirou bem devagaro cuzinho do pau dele e pediu para pegar a bolsa dela, peguei ela tirou um creme de cabelo, falou para que eu viesse colocar na buceta dela ela sentada com cuzinho no pinto dele de frente pra mim, entao começei a meter sem camisinha, a bucetinha estava toda lasciada saindo muito ar e pingando gozo, tirei para fora,ela pediu para que ele largasse ela que ela queria sentar com a bucetona no pau dele, entao ele pois a mao no bolso tirou uma camisinha ,ela muito contente colocou o peito na boca dele sentou com a buceta no pau ela urrava de tesao, entao ela falou vem amorzinho vem comer sua esposa junto com outro, entao ela passou o creme no cuzinhoficou bem liso começei a meter bem gostoso, ela falava adoro pinto gozando, mete,mete, entao ele começou meter bem gostoso eu no mesmo ritimo, passaram uns 15 minutos eu gozei no cuzinho dela tirei e continuava apertado, ele ficou metendo mais um pouco naquela bucetinha toda preenchida de um pinto grosso e cabeçudoele segurou o bumbum dela bem forte e gozou, logo vi de costa aquela goza espessosa grossa escorrendo na buceta e no cuzinho, ele segurava ela dizendo agora ja foi , sente o calor dessa porra sua putinha, ela urrou bem alto falou gozeii,aiiiie repetindo muito, entao na hora ele tirou o pau de la de dentro ouvimos um melaço de gozaficou toda escorrida de duas gozas bem safadas, ela ficou imovel durante uns 30 segundos, depois deste sexo ela se lavou na pia do quiosque mesmo, ele foi lavar o pinto e eu coloquei o meu dentro da cueca e limpei la mesmo, entao despedimos pagamos a conta da cerveja fomos embora, no caminho ela me disse que tinha furado com a unha a pontada camisinha para que gozasse la no fundo dela os dois, ela e operada não tem filhos e um pouco arriscado mas ele era bem higiênico uma outra vez voltaremos la para ver se tem batida de leite condensado para ela.

Ver aquela bunda redonda virada pra mim me encheu de tesão, ao mesmo tempo que eu imaginava que o corno estava vendo aquilo escondido em algum lugar.

Então ele ficou de quatro, eu peguei minha saliva lambuzei bem o cuzinho dele, e forcei a entrada, acho que ele fazia isso regularmente, por que entrou facinhol deslizou para dentro, ele soltou um gemido gostoso, então comecei o vai e vem devagar e fui aumentando conforme o tesão ia subindo, até que ele pediu para gozar na cara dele, então tirei o pau e fui na cara dele me punhetar, peguei a mão dele e meti pelo meio das minhas pernas, ele entendeu e com dois dedos ficou enfiando e tirando do meu cuzinho, ai o tesão só aumentava, até que não aguentei e gozei na cara dele, repetimos o mesmo beijo melecado de antes, nos limpamos e voltamos pro acampamento, quando chegamos la os outros ja tinham voltado, e nos olharam com cara de safado, e o Leo falou, agora só falta eu pelo visto, todos começaram a rir, eu fiquei até meio sem graça, mas entrei na onda, infelizmente.

Na manhã seguinte, depois de ver que a esposa dele saíra, fui até lá, ele me recebeu assustado e eu expliquei o que Meg tinha me falado e estabeleci que se não fosse assim, não seria mais de jeito algum.

Diante disso, fomos eu e mais duas, Lari com seus 18 aninhos pele clara, cabelos andulados, longos dona de um corpo bem generoso, bundinha empinadinha e uns peitos bastante grandes e a Juh morena de cabelo extremamente liso com peitos normais e bunda arrebitada e chama muita atenção pois tem 1,75 bem distribuído ao meu ver… Ao chegarmos fui mostrar a casa a elas, e a primeira coisa que tinha logo na entrada era a piscina com a água cristalina e um calor que pedia muito que entrassemos, então peguei a Juh de surpresa e a empurrei msm de roupa alí dentro, ela não ficou cheteada apenas chamou a Lari para ajuda lá a sair e puxou ela tbm para dentro, foi quando descidir que não iria ficar de fora cair tbm sq tirei toda a minha roupa e cair peladinha, foi quando elaas começaram a tirar a delas tbm e de repente ae nos três estavamos nuas, em pelos, jogando a guá uma na outra, nos abraçando, e em um mergulho de Lari ela passou por baixo de minhas pernas mas sem querer tocou sua cabeça em minha bucetinha rosada e carnuda que logo s arrepiou e como já estva molhadinha não dava para sentir a lubrificação natural, instantaneamente coloquei a mão, ela veio ver se tinha machucado toda preocupada e colocou a mão de em cima do meu grilinho e disse rindo: “vish, ta alterado isso aqui neh!” eu respondi “que era falta de rola pois tinha um mês sem transar” então entramos na conversa da masturbaçao que alivia a pressão diante do tempo sem sexo, a Juh já se aproximou com a mão na xotinha carnuda falando “acho que vou bater uma sirirca aqui msm” foi um incentivo começamos todas a se tocar.