Filmou Tudo Morena Morena Engolindo O Cacete Seu Negão Putinha De Goiânia Goiás

14 min

Categoria:

Tag:

visualizações

14 min

Categoria:

Tag:

Filmou Tudo Morena Morena Engolindo O Cacete Seu Negão Putinha De Goiânia Goiás

Filmou Tudo Morena Morena Engolindo O Cacete Seu Negão Putinha De Goiânia Goiás

O negão não me decepcionou, ele meteu em mim por mais de 15 minutos até que chegou no momento da ejaculação e gozou nos peitos me deixando toda suja de porra.

Aí ela disse: na verdade , proposta ele já fez , quero passar na volta é pra aceitar essa proposta dele mas não vou te contar o que é por enquanto , você vai ficar só imaginando o que o safado falou pra mim quando ficamos atrás da prateleira , rindo muito ela aumentou o volume do rádio e seguimos viagem naquela : Eu perguntando o que havia se passado na loja e ela dizia: aguarde corninho , aguarde seu safado , você vai saber na hora certa , não perde por esperar corninho safado !!Em breve conto para vocês como foi a festa deliciosa da qual participamos em Goiânia e como foi a volta , ao passarmos na cidade pra ela ver novamente o rapaz que deixou ela naquele fogo , hummmmmm , foi uma delícia de viagem , na ida e na volta , garanto!!Até breve. Ele sem ação tentou sair, mas eu segurei sua perna com a outra mão e disse baixinho, só um pouquinho… Ele parou e espantado me viu enfiar a mão por dentro do short e tirá-lo pra fora, era lindo…Eu segurei bem rente a sua barriga, bem na base e então levei até meu rosto e cheirei, beijei, e comecei a chupar…Não demorou nem dois minutos e ele começou a esporrar, tirei a boca na hora e voou porra em todo o meu rosto, aquele cheiro forte me excitou mais ainda, depois de duas doses grossas de porra, eu pus a boca e comecei a chupar de novo, ele soltou mais dois jatos mais ralos, ele realmente não transava a muito tempo e acabei engolindo… Seu pau ainda continuava duro e eu continuei a chupá-lo com gosto, o que com Ricardo não era tão frequente, estava inebriada, foi qdo levantei e puxando ele pelo pênis o levei até o banheiro, tirei meu short e minha calcinha e abaixei na pia e qse implorando pedi pra ele transar comigo, ele tava super assustado, não sabia o que fazer, então peguei o pênis de novo e me posicionei facilitando o máximo sua penetração…comecei a empurrar meu corpo pra trás e senti ele me penetrando, estava tão molhada que ele com um pênis duro dando o dobro do meu marido entrou lisinho e aquele barulho peculiar ecoou no banheiro… Eu gemi e fui voltando meu corpo, acho que só consegui ir até o meio, pois já estava tremendo e empurrei de novo pra trás, comecei a gemer mais ainda, qdo senti sua mão em meu quadril e ele começou a bombar devagar…comecei a gozar e me senti mais molhada ainda… Começou a tirar qse tudo e empurrar de novo, era indescritível aquela sensação, estava segurando na pia e tentava empurrar meu corpo mais em seu pênis, senti ele parar e não aguentando comecei a rebolar loucamente num frenesi sem controle e muito, mas muito rápido.

A visão daquele rabo maravilhoso e dos cabelos longos da morena aumentava minha excitação.

No caminho até o estacionamento, parei nua rua pouco movimentada, na porta de um edifício que estava fechado, e tirei o cacete pra fora e ela logo começo a chupar, ela chupa como uma puta profissional, algumas pessoas passavam e viam mas não paravam, não demorou muito e logo gozei dentro de sua boca. ""tudo começa quando pegamos um dia de clube, bebemos um pouco ela mari 1,67 1,15 de bunda morena cabelo lisoroupas sempre curtas, depois de tomar um banho de piscina fomos ao vestiário tomar uma ducha, ela no femininoeu no masculino, depois de lavar o corpo todo fiquei esperando por ela que estava demorandofui ao vestiario chamei ninguem respondeu, entao depois de uns 5 minutos ela disse estou saindo, entao fuiesperar na mesa, e nada voltei ao banheiro ela nao estava respondendo, tomei a coragem de entrar ja que nao haviamuitas pessoas no chuveiro, fui abrindo as portas para ver aonde ela estava, entao vi um box que estavacom o chao de borracha preto ate branco de goza de macho, todo esporrado no chao, logo imaginei que ela pudesseestar transando com alguem, passei a mao na goza,ouvi a voz dela na porta do banheiro entao fui olhar ela estava despedindode um amigo, esperei para que pudesse ouvir mais ela foi em direcao a saida, entao fui atraz dela e chamei, quando ela veio puxei elaenfiei o dedo cheio de gozo no cuzinho dela, a gostosa estava com o cuzinho todo lasciado, levou a propia goza da transa dentro do cusinhosem saber, ao chegar em casa eu disse que havia enfiado um gozo de outro macho no cuzinho dela, a xota dela escorria de tanto tesao quando falava nisso.

Lá já encontrei minha putinha safada agachada e chupando um pau imenso todo pra fora da calça, com ele sentado na cadeira, fardado. Me desculpe eu não queria…"Somos um casal que se ama muito , casal jovem , cheio de sonhos e fantasias realizadas e outras ainda não realizadas , adoramos sair por aí , viajar e conhecer novas pessoas e lugares , adoramos Swing e Ménage feminino e masculino , atualmente a fantasia de ver minha loira com um amigo , é a que mais me realiza , tanto que ela me chama de “Corninho” e eu adoro , nada de humilhação extrema nem sadomazoquismo , etc mas a fantasia de uma terceira pessoa sempre nos faz bem , foi aí que aconteceu o fato que vou narrar pra vocês agora:Minha loira e eu estávamos viajando pra Goiás para participarmos de uma festa com muitos amigos casais e singles , o tesão estava a mil porque desde que falamos nessa festa , começamos a nos preparar com entusiasmo pois a festa prometia um fim de semana muito animado , no caminho paramos várias vezes em postos , restaurantes , etc… ela com um vestidinho branco muito bonito e um pouco curto que mostrava suas deliciosas curvas e seu bumbum gostoso quando se abaixava e um decote que deixava à vista seus deliciosos peitões que eu adoro mamar , hummmmmm , a loira é um tesão mesmo.