Filmou tudo esposa cavala comendo esposa vagabunda com namorado de são paulo – sp

4 min

Categoria:

Tag: ,

visualizações

4 min

Categoria:

Tag: ,

Filmou tudo esposa cavala comendo esposa vagabunda com namorado de são paulo – sp

Filmou tudo esposa cavala comendo esposa vagabunda com namorado de são paulo – sp

"Quando eu tinha meus 19 anos, eu comecei um namoro com um garoto que se chamava Caio,e então, a gente sempre ficava só nos beijinhos… E isso não me satisfazia, ele sempre me dizia que era bom esperar, porém teve um hora que eu não aguento mais, e encontrei um velho amigo, que era meu ex o nome dele era Artur… Eu e o Arthur, conversamos muito numa tarde, até que o assunto sexo chegou… Muito nervosa, e daí ele começou a falar que ultimamente não estava fazendo essas brincadeiras… E que estava parado a um bom tempo, e eu comecei a falar as coisas que eu e o Caio, não fazíamos e ele contava as suas experiências e minha bucetinha já estava babando, molhadinha, até que ele tinha que ir… Recebeu uma chamada de urgência no celular e me avisou que precisaria, eu iria tentar leva-lo até a porta quando fui me despedir eu dei um selinho, e ele foi e sorriu e correspondeu o beijo, e entramos em um beijo intenso, molhado, deliciosos, mas… Não deu tempo e então… Na hora de sair recebi um puxão de cabelo, e um belo tapa na bunda e ele disse com o olhar mais safado “te vejo amanhã”… Imaginei, imaginei… Quando chegou, ele veio falar comigo,e ele já chegou me beijando, como se estivesse com desejo enorme por mim, e eu não fiz por menos, eu me entreguei para aquele homem maravilhoso… Logo estava totalmente nua, caprichei em cada detalhe para ele, bucetinha limpinha, sem pelo, pronta para ser devora por uma boquinha nervosa como a do Artur, e ele caprichou, me deitou, e me fez gozar, e ele me fez sentir o prazer que jamais sentir…Gemia, muito – Ahhhhh, Artur, náo para, pfvr… Não pare…E ele continuando numa intensidade, que meu deus…ele me sugava por completa… E depois estava na hora de retribuir o presentinho, dei um oral maravilhoso nele, não esqueci de nenhuma parte e dei carinho necessário a todas elas…Até que ele me jogou para ficar de quatro e receber a sua rola, espera, sua maravilhosa rola… Ele falava – Saionara, sua puta, estava querendob minha rola, não era? Estava com saudades do amiguinho não estava? eu vou gozar sua putinha… AhhhhhhhhE foi muitos tapas, na cara, na bunda, na bucetinha, e adorei! Tanto adorei que terminei com o Caio e estou numa maravilhosa amizade com meu bem, Artur""Alberico já chegara aos setenta anos e não estava mais “dando conta do recado” com sua esposa, a linda Carmen, 15 anos mais nova e ainda curtindo muito transar. Ele entra e escuto eles conversando, resolvendo o problema e então eles entram no quarto, onde supostamente tinha mais um defeito, e percebo que os dois estão bem empolgados, eu consigo espiar, mas eles não conseguem me ver, vejo que minha esposa está se insinuando para o rapaz, chegando perto, encostando nele e ele por sua vez retribuindo, já mostrando estar excitado, até o momento que caiu o controle no chão e os dois se agacharam pra pegar a coisa esquentou, começaram a se beijar e um a passar a mão no outro. – Sua vagabunda, você acha que eu não sei que é virgem – ele forçava todo seu membro em minha boca até eu perder o fôlego – Chupa, cachorra.

Em certo momento, olhei para a bermuda de Luiz Paulo e vi que sua ferramenta ja estava em pé de novo. Ela nem mesmo resistiu, ficamos grudadinhos como se fossemos um casal de namorados.

Após um breve período de convívio com ela, eu já tinha percebido que além de ser uma cavala muito gostosa, ela tinha jeito de ser bem puta na cama.

Aii, está uma delícia sentir vc me comendo.