Esposinha Safada Sentando Na Rola Do Seu Comedor Fixo Enquanto Corno Manso Filma E Dirige

visualizações

34 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , ,

Esposinha Safada Sentando Na Rola Do Seu Comedor Fixo Enquanto Corno Manso Filma E Dirige

Esposinha Safada Sentando Na Rola Do Seu Comedor Fixo Enquanto Corno Manso Filma E Dirige

Gelei!! “Será que eu dei durante uma semana pra um fantasma comedor”?!! Pensei.

"Rodolfo 18 anos, sua mae Alexandre 38, separada faz uns 3 anos, insaciável, tarada, muito puta e muito gostosa, tem várias tatuagens, que mulher, ela é modelo fotográfico, faz revista de tatuagem, de moda, ela tem 1,68 de altura, cabelo loiro comprido, peitão silicone, uma bunda gostosa, coxas grossas, é uma potranca, o Rodolfo é um rapaz legal, muleque ainda, é meu amigo, moro umas 5 quadras da minha casa, eu tenho 35 e ele me admira pra caramba, fica louco com coisas de rock que tenho e vendo, fui na casa dele levar uns cds que ele tinha comprado, pediu para eu entrar, eu já tinha visto a mãe dele e ela me olhou tão safada, então aquele dia eu já cheguei e deu um beijinho nela meio que pegou na boca, fui pro quarto dele, tinha mais 3 amigos dele lá, estavam jogando video game, a Alexandra tava mto gostosa, um shortinho jeans curto e um top branco que s´po cobria os peitos, ela malha e tava com a barriga de fora, eu tava babando e os moleques tb, todos ali na faixa dos 18 anos e eu mais velho, ela diz que vai fazer uma torta pro pessoal, nisso eu vi ela piscando pra um dos moleques q tava lá com cara de safada e do tipo vem atrás de mim, pelo que eu vi, o cara já devia ter dado um trato nela, o Rodolfo tava louco as musicas e video game, tava no guitar hero e ele é fera todo mundo perde pra ele, nisso esse moloque diz q vai tomar água, o nome dele é Cristian, eu fico meio esperto e dou uns 3 min e pergunto se posso ir no banheiro, a casa era sobrado e a cozinha era embaixo quase pra fora no quintal, desci esperando pegar alguma coisa e dito e feito, dou uma espiada e vejo ele sentado na cadeira e ela pagando um boquete pro garoto com o peito pra fora do top, já sei o pq, dela gostar do rapaz, ele tinha um pau noa grande, mas era grosso, ela chupava loucamente, nisso se levantou, abaixou o short e tava sem calcinha por baixo, virou de costas e sentou na rola do cara e ficou sentando, por uns 10 minutos, até que saiu e abaixou na frente dele de novo e começou uma espanhola e ele gozou nos peitos dela, ele ergueu a bermuda e saiu, nisso voltei pro quarto, e fingi nada, o moleque tava sorrindo e eu vi outro cutucando ele, e ele falou no ouvido do cara, chamava Rian esse outro, o moleque logo fingiu atnder o celular e falar com uma gatinha, e falou espera ai, ow vou falar com ela pra la pq ta barulho, eu peguei fiz a mesma coisa, falei perae ta barulho aqui, falei vou ali atender um cliente, eles ficaram compenetrados no jogo o Rodolfo só ganhando, entao ele nao saia e nós revezavamos contra ele, sai e ja fui pra cozinha, quando to chegando ouço ela dizendo:_ Rian essa sua risadinha ai, o que vc quer hein?ele: _ o mesmo que o Cristianela: _ vcs são fogo, o rodolfo ta aiele: _ a vai tia, aquele dia vc fezEntendi que já tinha acontecido uma vez, ela riu e disse ta bom, tira a bermdua, ele abaixou e ela caiu de boca, chupava como louca, ela estava insaciavel, do jeito que os moleques comiam ela ela ficava querendo mais, pensei comigo, tb quero essa gostosa, ela chupou o cara, abaixou a short e rebitou a bunda, ele pegou ela por trás e socou, comeu aquela buceta com gosto, socava e ela gemia, deu uns 6 minutos ele tira o pau e enche a bunda dela de porra, meu pau tava muito duro vendo aquilo, nisso fui pra sala peguei o celular e fingi estar falando, o garoto passou por mim eu pensei vou atrás dela, fui pra cozinha ela nao tava lá, pensei onde diabos ela está, nisso ouvi alguém descendo a escada, voltei pra sala e fingi estar no celular, era o outro rapaz o gustavo, foi pra cozinha, nisso escuto ela dizendo:_ oi Guele: Oiela: Ta rindo porque?ele: não respondeela: já sei, vc quer me comer né, aqueles dois te falaram?ele: simela: isso não pode acontecer, vcs são amigos do meu filhoele: por favor, comi só uma menina da escola e a senhora é tão linda e gostosaEla veio até ele deu um beijo, e abaixou a bermuda dele, começou a chupar a rola do gustavo, ele delirou, e eu pensando que droga podia ser eu, ele sentou na cadeira e ela veio por cima e começou a sentar na rola dele q nem louca, tava querendo gozar e gozou no pau do cara, ele disse q ia gozar tb então ela saiu e se abaixou e ele gozou nos peitos dela, ela ainda deu uma chupada e limpou o pau todo dele, eu voltei pra sala e ele voltou pro quarto, nisso eu fui pra cozinha e cade ela? entao fui pro quintal a casa era grande tinha piscina, sauna, e vejo ela tomando um ducha, nisso eu falo:_ Nossaela olha assustada: _ ai que sustoeu: _ desculpe, nossa como vc é gostosa hein, não é a toa que os rapazes destão doidosela: _ eles te falaram?eu: _ não, eu vi tudo, desde quando vc piscou pro primeiro, vi escondido da copa pra cozinha naquela janela. MAIS UM GEMIDO AGORA MAIS ALTO, A AJPONESA TAMBEM GEMIA, ESTAVA LOUCA DE TEZÃO, SAFADA, OLHEI PARA A ANINHA E ESTA MORDIA O LÁBIO INFERIOR FORTE E TAMBEM ESTAVA COM AS FEIÇÕES ALTERADAS, A OUTRO SINAL E O PAU FOI DESAPARECENDO DENTRO DO GAROTO, GEMIDOS ABAFADOS E RESPIRAÇÕES ALTERADAS E LOGO NÃO SE VIA MAIS NADA DE PAU FORA ELA HAVIA AGASALHADO TO MASTRO NO CUZINHO.

Eu adorei levar chifre de café da manhã, fui conferir o estado que ficou a buceta dela, e chupei bastante estava bem molinha, pois havia acabado de ser comida, transamos e ela me chamava de corno manso, que era assim que ela me queria, bem mansinho, eu adoro ser corno dela, adoro chupar a buceta dela depois dela fudendo com outroAproveitei e fiquei atrás de Gabriel, roçando meu pau na sua bundinha redonda e lisinha arrancando arrepios dele que fazia movimentos de encontro ao meu pau. Enquanto isso eu fui beijando ela e passei a mão na buceta dela e percebi que ela estava molhada e fui desamarando o corpete dela e comecei a chupar os seios dela levantei a saia dela e fui passando os dedos na buceta dela e ela começou a gemer gostoso, pequei ela no colo e coloquei ela em cima da mesa do escritório e comecei a chupar a boceta dela, ela gemia muito gostoso, empurrava minha cabeça conta o corpo dela com as mãos e prendeu com as cochar por alguns minutos.

Ela tirou a camisinha dele, chupou de novo o seu pau e sentou sobre ele, ainda que estivesse em meia recuperação, foi sentando, subindo e descendo até ficar bem duro de novo, então aumentou a velocidade e aproveitou, gozou duas vezes com ele, enquanto gozava me xingava e me chamava de corno, me chamava de chifrudo frouxo, de corno manso e mais e mais dava para o outro. Chupava e olhava fixamente para a camera como se estivesse olhando pra mim e pedia goza na minha boca lambuza minha cara para meu maridinho vê? Aquilo me fez gozar sem nem ao menos pegar no meu pau… com o rosto todo melado(coisa que ela nuna deixou eu fazer) ela vai ate marcos e dar-lhe um beijo daqueles bem apaixonado… seu marcos no auge dos seus 55 ficou novamente de pau duro e foi posicionando minha esposinha para se acomodar no seu cacete que tambem num era essa descomunal nao… era bem grosso e eu via que minha esposa estava apreciando cada centimetro que invadia sua bucetinha… depois de um certo tempo nessa posica, ela se levanta e fica de quatro para seu marcos que de imediato se encaixa atras dela, e nao demora muito e ele enche a buceta da minha esposa de gozo. Senti o jorro quente deles depois de algum tempo, quando finalmente terminamos as filmagens. A mão da Marlene pega o pinto do Rafael e dirige para o meu cu.