Esposa safada gemendo com pau do corno

Esposa safada gemendo com pau do corno

Esposa safada gemendo com pau do corno

Ela dizia que queria dar pro caseiro, que eu seria seu corno e me perguntava se eu vi o quanto ele estava com tesão ao me ver daquele modo e dizia que queria aquela pica dentro dela e gozou gritando que eu seria seu corno manso.

Ouviu o que a irmã falou e tratou de aproveitar.

Porque comer eu já comia uma namoradinha, uma gatinha que eu conheci. Ele pediu pra ela ficar de quatro, Anastásia segurou na cabeceira da cama e empinou o rabo.

Olá meus amores meu nome é Ludmila, tenho 38 anos e estou aqui para relatar mais uma história que aconteceu comigo a um tempo atrás. Ele sabe disso e faz questão de me causar dor para me dar prazer.

Logo minha esposa tinha novamente gozado e quase não conseguia mais ficar firme em nossa noite de simples prazer. Marcelinha pediu para Claudia se levantar , ela também se levantou e sentou no sofá e ficou olhando para Claudia, e mostrando o meu pau, Claudia vem em minha direção e começa a mamar colocando os 17,5 até o fundo da garganta, parava uns 2 segundos com ele todo na boca, que putinha safada, sabia me deixar doido. "Não sabia da hora, ainda tava bêbado e tomei a última pra ir dormir,e um ronco começou a me incomodar.

"E ela foi chegando perto de mim, ela mordeu meus lábios e me deu um beijo de tirar o fôlego!Eu fui na dela, e fui tirando sua camisa,até que cheguei nos peitos, chupei os dois, deixei ela molhadinha, depois eu fui beijando sua barriga, então eu rasguei sua bermuda branca, eu fiquei com medo na hora, pois estávamos na sala e ela estava gemendo muito,eu fui fazendo ela querer mais, ela disse que era pra mim abaixar as calças, eu obedeci e ganhei o melhor boquete da minha vida, ela havia me informado que era virgem ainda, eu sem pressa fui bem devagar da bucetinha dela, fui forçando de pouco em pouco, até que ela engoliu meu pau todo(tinha uns 23 cm).