Esposa Escolheu Comedor E Corno Teve Que Ficar Quietinho Filmando

8 min

Categoria:

Tag: ,

visualizações

8 min

Categoria:

Tag: ,

Esposa Escolheu Comedor E Corno Teve Que Ficar Quietinho Filmando

Esposa Escolheu Comedor E Corno Teve Que Ficar Quietinho Filmando

” E assim voltei embora da cidade, cheguei na fazenda fui na casa principal espreito na sala e vejo uma tremenda cena de putaria que me deixou chocado, minha mãiiinha nua apenas com uma cinta de ligas e meias brancas de joelhos com aqueles cinco gringos nús na frente dela dando pau pra ela chupar, e Gelson num dos lados filmando tudo. Depois de certo tempo já estava meio tonta e conversa vai conversa vem começamos a falar do casamento e ai comecei a contar tudo para eles inclusive dos vídeos pornô, tentando ver o q eles achavam, e comecei a perceber que eles se excitaram pois os dois ficaram de pau duro no shorts como pude observar, mais o q me chamou atenção foi o amigo do meu primo o Júlio, rapaz alto e forte moreno claro, deveria ter mais de 1,80 m e percebi que o volume no seu short era grande, aquilo me deixou muito excitada mesmo, senti que estava ficando molhada, pensei o que estou fazendo vou levantar um pouco e ir ao banheiro, quando me levantei pude perceber nitidamente que os dois olharam descaradamente para minha bunda grande e arrebitada, aquilo me deu uma coisa por dentro q nunca tinha sentido continue andando mais percebi que fiquei mais tonta ainda e pensei quer saber o corno não quer e isso mesmo, vou provocar só apara ver no que vai dar. Depois me deitou na cama de barriga pra baixo, deitou por cima e me segurou, falou no meu ouvido: “agora eu vou fazer você um putinho maravilhoso, fica quietinho e relaxa que vai entrar tudo!”.

Resolvi copiar Roberto, fiz com que sua esposa ficasse a beira da cama.

Tinha outros clientes na loja mas assim que saíram , ela ficou sozinha e chamou o vendedor pra perguntar sobre algum produto da prateleira , ele se aproximou e mesmo do carro , do outro lado da rua eu pude ver que ele não tirava o olho do decote dela , mesmo porquê o decote da loira chamava a atenção de qualquer um que gosta de mulher , rsrsrsrsrs , ele olhava muito também para as pernas que apareciam muito por causa do vestidinho , ela se abaixava pra pegar algo e dava pra ver um pouquinho da polpinha , aí ele despistava e olhava diretamente pra bunda dela , o que já me deixava de pau duro no carro , ficaram assim um tempo , ela andando pra um lado e pro outro olhando produtos e ele a seguindo com os olhos , então ela foi pros fundos da loja para ver louças e talheres eu acho , ele ficou observando de onde estava , a safada fez questão de pegar um íten na prateleira mais baixa quando apareceu sua bunda que escondia uma calcinha fio dental vermelha muito pequena mesmo , deu pra ver até o delicioso pacotão da xoxota dela por trás , reparei que o cara até apertou o pau por fora da bermuda fina e larga , aparentando estar até sem cueca, me deu um tesão danado , até por que ela não era de ousar muito assim apesar de eu sempre pedir pra ela se exibir um pouquinho por aí , ela se levantou e chamou pelo rapaz novamente , ele prontamente foi até ela , pareceu que ele olhou o preço e conversaram um pouco mais , o que a safada não me contou depois , kkkkkkk , só pra me provocar , aí ela escolheu algo ali pra comprar , pra justificar sua permanência na loja mais um pouco , deu a volta nas prateleiras e quando foi passar de volta pra prateleira dos talheres passou bem perto dele , roçando de leve o bumbum no rapaz , aí sim , deu pra ver que ele estava de pau duro com a freguesa que acabara de conhecer , sua bermuda estava evidentemente armada , kkkkkkkkk , volta e meia ele apertava a cabeça do pau e com os olhos vidrados na minha esposa gostosa e safada ; ela foi até o balcão , deixou os produtos e voltou dando mais uma volta em toda a loja , entre as prateleiras , sempre que dava , pegava algo embaixo pro seu vestidinho , já acostumado , se levantar um pouco mais e mostrar o que o rapaz estava louco pra apertar , morder , lamber , sei lá.

Depois de um tempo ele segurou meu braço e falou meio desesperado:Ola o conto que vou descrever hj e bem real espero que gostem nao irei revelar meu nome vou me apresentar como johnie eu tenho 1,70 de altura uns60 kg olhos pretos e sou moreno desde e tenho 18 anos desde pequeno eu sempre tive uma vontade enorme de comer minha tia ela e uma bela mulher com uma bunda enorme e pele morena mais eu acho que nunca me deu mole foi se passando alguns anos e eu fui ficando mais velho e aquala velha vontade me matando como smp minha tia smp foi uma piranha ficava com uns homens a cada dia dps começou a ficar com mlks da minha idade e eu sabia de td e ficava mais louco de tesao por aquela cachorra td mudou em um dia que ela estava bebendo com as amigas dela de tarde ate o anoitecer foi quando ela foi pra casa ela e dona de um quintal enorme e no quintal dela tem um macinhero fdp q era o comedor dela e ele tinha um ciume dela danado foi quando eu fui com ela ate sua casa e esse cara ficou enchendo o saco dela falando q nao queria mais ela de piranhagem na rua e td mais e queria ate agredir ela mais obviamente que eu nao deixei e claro quase cai na porrada com ele mais pra mim comer ali eu tinha que dar uma asistencia ne rs dps que chegamos em sua casa ela logo abriu a porta nervosa e me convidou pra entrar e claro que aceitei o convite a final ela mora sozinha ne ela ligou a tv pegou umas cervejas e me chamou pra ficar ali assistindo e bebendo com ela o tempo foi passando e ja estava de madrugada quando eu falei pra ela que iria embora que ja estava tarde entao ela rapidamente se levantou e trancou a porta e pediu pra mim dormir ali com ela eu como nao sou bobo nem nd aceitei ela arrumou minha cama e foi tomar um banho e eu fui me deitar e fiquei escutando musica foi quando a porta do quarto se abriu e ela entrou com uma calcinha fio dental e com um mini sutia eu logo fiquei de pau durasso vendo aquilo nao resisti e parti pra cima daquela cachorra comecei a beijar ela e a passar a mao naquela buceta carnuda que delicia de mulher dps ela se abaixou e começou a me chupar eu tava com tanto tesao que nao demorou muito pra mim encher aquela boquinha de veludo de porra logo em seguida coloquei a camisinha e mandei ela ficar de quatro ela logo me pediu pra comer logo aquela xereca e eu atendi logo o pedido e penetrei com tanta vontade que ela solto um gemidinho bem gostoso e eu ali metendo bem rapido que nao demorou tanta coisa pra mim gozar de novo dps ela foi ate o quarto dela e pegou o ky pra gente fazer um anal gostoso eu esperei tanto por esse momento ela começou a passar o ky no meu krl de uns 20cm dps foi minha vez de lubrificar aquele rabo preto e gostoso comecei a penetrar e ela dando uns gritinhos de dor foi ai que eu fiquei mais tarado e comecei a bombar bem forte aquele cu fiquei ali metendo por uns 20 minutos dps dei a terceira rajada de porra naquela bunda logo dps fomos dormi agarradinhos amanheceu e ela eu comi ela dnovo antes de ir pra casa fui pra minha casa satisfeito e querendo mais rs dps fiquei na rua com o filho dela que e meu primo e ficamos conversando e novamente chegou a noite e ela foi la em casa pedir minha mae pra eu dormir na casa dela pra acompanhar ela que ela estava com medo do fdp do cara q morava no quintal dela mais no fundo eu sabia que ela queria levar mais pirocada no rabo mais esse relato fica pro proximo episodio vlw se gostaram do meu conto me chamem no zap meninas e mulheres mais velhas 966483331 vlw fuiiiiO fato que relato agora aconteceu comigo e minha esposa, quando viajamos para participar de um casamento, fomos nós dois e uma amigo que queria conhecer a cidade, pois estava de férias, ficamos uma semana na cidade, nesta semana não pude dar nenhuma trepadinha com minha mulher, além da casa estar cheia, ela tava menstruada e eu tava doidão pra comer minha mulher. Fiquei me masturbando bem devagar, sentindo meu pau ficar estupidamente duro, grande.