Esposa dando o cuzinho a pedido do corno que filmou

visualizações

4 min

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , , , , ,

Esposa dando o cuzinho a pedido do corno que filmou

Esposa dando o cuzinho a pedido do corno que filmou

Meu marido já tinha comido meu cú, mais gozar dando o cú tinha cido a primeira vez e com Ricardo….

Dormir ou esperar que ela se movesse e destapasse. Meu pau já ardia de tesão em saber que ele iria ficar me observando de novo.

“Então primo, como posso ajudar, (com cara de Malicia) tem algum pedido especial?”Caralho a menina parecia delicada, bem recatada e de família, mais ali comigo já mostrou como da as cartas!!“Por enquanto nenhum pedido, só levar essa carne mesmo”Nessa hora já estava louco de tesão, já tinha bebido algumas também e estava mais solto, qualquer besteira dela eu me renderia, e não demorou muito. Com sua língua mais que molhada,deu-me uma lambida do meu cuzinho até o pescoço, aquilo me fez arrepiar muito e gemer pela segunda vez.

Enquanto aguardavamos o reboque tirou os meus dados e contacto.

Mas ela sempre pareceu muito tímida. Sentei por uns 5 minutos até que o negão gozou, mas a putaria não acabou por ali, meu marido é corno manso e pediu para eu chupar o pau do João gozado pois ele queria ver minha boca com porra de homem, eu então chupei o pau, fiquei com bastante porra na boca e fui dar um beijo no meu homem. Nos despedimos de minha esposa e fui levar Silvia pra casa. Meu namorado ficou extremamente excitado quando eu respondi a mensagem dizendo que as 7h estaria lá.

Crente puta sentou no meu pauAo chegar em minha casa convidei a crente para entrar, falei que ia ser de boa e que eu não faria nada que ela não quisesse, ela aceitou o convite e entrou. Ele era um garoto de 19 anos, com quase 1 e 80, cabelos escuros e encaracolados, um cara que chamava a atenção das garotas. A outra era ocupada por aquele médico e esposa, esposa que comi a valer e que Meg também devorou e foi devorada por ela. Embora com um pouco de raiva, não fiz nada, também nem poderia, pois Suzy já voltava a me chupar.