ESPOSA DANDO CU PRO AMANTE E MARIDO LIBERAL FILMANDO DE PAU DURO

ESPOSA DANDO CU PRO AMANTE E MARIDO LIBERAL FILMANDO DE PAU DURO

ESPOSA DANDO CU PRO AMANTE E MARIDO LIBERAL FILMANDO DE PAU DURO

Era apenas o estímulo do clitóris tão gentilmente cedido aos meus caprichos.

senti que ia gozar direcionei a cabeça do meu pau bem no rosto de Maria eter um belo corpo gosto de usar roupas curtas, eu moro em uma casa muitoCheguei na rodoviária meia-noite e o ônibus dele chegaria nesse horário, ele estaria usando uma camisa vermelha de mangas longas, comecei a procurar e nada, noto que um rapaz da idade de meu filho começou a me “comer com os olhos”, fiquei feliz, pois sempre fazia sexo, com rapazes, um dos motivos pelo qual me separei de meu marido.

– Matheus, tá ai véi? – Alguém pergunta. É muito bom dar para dois homens, eu amo, por isso falo que sou putinha desde novinha e adoro uma pica mesmo.

Pouco depois, ficou por trás de mim, sobre minha cabeça, filmando minha ação no traseiro de Sandra.

Em determinado momento da festa, Cristina e outras meninas, todas amantes do professor, se retiraram com Jéssica para um local reservado.

Eu estava conversando com uma amiga minha que era a única que sabia do meu caso com o Frankilin quando meu celular vibro, era o Frankilin me mandando um whats que dizia: Você ta muito linda e Gostosa amor, to morrendo de saudade do seu beijo, da pra gente fica junto hoje? Já fazia uma semana que a gente não ficava devido a correria do dia a dia então eu já estava subindo pelas paredes louca pra dar pra ele, eu respondi a mensagem dizendo: Claro amor, tbm to morrendo de saudade e to louca de vontade de fazer aquele sexo gostoso que só vc sabe fazer.

Sempre fui bastante liberal, nunca tive frescuras nem preconceito com escolhas alheias, mas ao mesmo tempo nunca tive interesse pelo mesmo sexo.

fui ate sua casa e la pra minha surpresa já o conhecia já tinhamos jogado bola juntos e ate estudamos na mesma escola e sua esposa era muito amiga da minha, ficamos espantados, e ate pensamos em deixar pra la e fazer de conta que nada tinha acontecido etc.