Eposa enloquecendo na rola do amigo do corno

1 min 7 seg

Categoria:

Tag: , , ,

visualizações

1 min 7 seg

Categoria:

Tag: , , ,

Eposa enloquecendo na rola do amigo do corno

Eposa enloquecendo na rola do amigo do corno

Lá chegando chamei ele pra entrar dizendo que ia trocar a tal sandália e ele entrou. Afastei o negão de mim e abri suas calças.

Então vou para seu púbis, beijos por sobre a calcinha, sinto o cheiro do tecido misturando com o cheiro da Cibele, inconfundível.

No mesmo dia, ao final da aula, fui até o banheiro pra tomar uma chuveirada e colocar meu uniforme normal. Seus lábios que incitam meu tesão que me afrontam, a conturbar sua paz com meus mamilos duros socado em sua boca.

Eu dei para o amigo do meu marido e não me arrependo, qualquer dia eu dou de novo, quem manda ele não me satisfazer, como dizia minha mãe: “Quem não dar assistência perde pra concorrência”. Mas tarde já em Blumenau saimos eu minha esposa e Convidamos ela novamente para ir junto e ela aceitou de pronto e mais uma vez eu vi ela em uma felicidade incrivel, Já no Hotel eu e minha esposa começamos a conversar e foi quando minha eposa comentou que A fabiana tinha reclamado com ela sobre o seu namorado, que nunca saia com ela, que quase nunca ia a praia e que o namorado gostava de trocar ela para sair com os amigos e que quase nunca procurava ela que sá transavam de vez em quanto, e perguntou se ela achava isso normal. E ele atendeu meu pedido secreto na manhã seguinte.

Peguei-a no colo, abraçado à sua bunda e deixei que seu corpo deslizasse pelo meu até encaixar sua xoxotinha em meu pênis.

Ele era alto, forte, tinha uns 40 anos, sem pentelhos, barba grisalha e média, mais ou menos 1,85 de altura.

Há algum tempo o meu marido começou a falar algumas safadezas enquanto transavamos do tipo perguntando se eu toparia transar com outro homem, no início eu recusei é claro mas depois comecei a pensar na ideia e como sempre bebemos juntos um dia depois de bem bêbados fomos transar e eu comecei a falar que queria dar pra outro e ele amou( nunca vi meu marido gosar tanto).

Sandra ficou me olhando, então Paulo falou para Sandra: -Vai ficar só olhando?Sandra se juntou a Rebeca e os dois cornos ficaram olhando.

No nosso papo eu olhava discretamente para as pernas dela sem ela perceber,como ela vestia uma mini-saia era impossível não olhar.

Estava tão molhada que entrou deslizando.