Dotado Com Casada Mulher De Corno

46 seg

Categoria:

Tag:

visualizações

46 seg

Categoria:

Tag:

Dotado Com Casada Mulher De Corno

Dotado Com Casada Mulher De Corno

após esse episodio tinha vergonha então acabei me retirando um pouco da casa da minha avó, então o tempo passou também casei e foi nesse ano que o melhor aconteceu, através de redes sociais minha tia acabou solicitando minha amizade, aceitei e começamos conversar, nada demais o assunto era sempre família e assuntos rotineiros, foi então em que um dia ele pediu se poderia fazer uma pergunta indelicada, sem imaginar oque poderia ser respondi que sim, foi então que ela me pediu: Você achava a tia bonita quando era mais novinho? Respondi que sim que era uma mulher muito linda, por sinal muito atraente, foi então que ela pediu se era esse o motivo que fazia eu revirar suas calcinhas quando garoto, pois além da vez em que me pegou no flagra varias vezes me viu remexendo em sua gaveta e mexendo em suas calcinhas, fiquei sem saber oque falar, mas em seguida ela disse ficou mudo é, não se preocupa achava excitante quando via você mexendo…após isso trocamos o rumo da conversa e como um pedido de desculpa por me deixar constrangido tia Janeide me convidou para ir tomar um café qualquer dia em sua casa, pois ja não mora mais com minha avó. ,"-vamos!! Lá ficaremos bem mais a vontade. Ela dizia ser uma mulher bem casada e que tinha filho de 09 anos que ela amava. pra minha surpresa meu amigo disse que era um rapaz sigiloso, negro também e com o dote igual ao dele e perguntou-me oque eu estava pensando em fazer? Perguntei se ele seria de confiança pra entrar no jogo, pois a minha vontade era ver minha esposa com dois machos dotados e se fosse dois negros melhor ainda, minha esposa é taradinha em negrão, acho que porque são mais dotados, rsrsr.

Eu não conseguia acreditar que tinha sentido aquele caralho roçar na minha pele, mesmo que por poucos segundos! Estava vendo estrelas enquanto me enxaguava ainda de costas para o meu primo. Ele então falou: “Posso mesmo?” Meu marido corno: “Sim”.