Coroa no anal traindo enquanto corno trabalha

visualizações

12 min

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Coroa no anal traindo enquanto corno trabalha

Coroa no anal traindo enquanto corno trabalha

Procurei e encontrei uma madame, uma coroa enxuta, gostosa e muito fogosa.

Eu era bem medroso e enquanto meus país viajavam pedi pra ela ficar aqui CMG (ela e o irmao mas ele não veio;-;)então eu estava na sala e ela disse que foi tomar um banho eu me deitei no sofa e começou a pensar nela e deu vontade de me masturbar ela era muito linda aí assim que começei ela disse que não tinha toalha e estava indo pegar uma meio que ela viu uma parte daquilo e eu disse:-me desculpeEla disse que não tinha problema ela estava só de calcinha e sutiã ai derrepente disse que ela estava linda e ela deu uma risada e sentou do meu lado e botou minha mãe no peito dela ai eu dei um beijo nela e a gente começou a foder mas daquele jeito infantil que tipo não sabe fazer mas foi muito bom o irmao dela não foi lá mas ficamos o resto do final de semana juntosEsse foi meu conto tenho mais 2 outros se quiserem comente""Meg tinha uma amiga, Amália, que trabalhava como secretária de Mateus, grande comerciante atacadista.

Ela estava namorando um pedreiro da cidade que vivia traindo ela, e ela só desconfiava. Lidar com iniciantes nao e a minha especialidade, mas como se tratava de uma deusa eu abriria uma excessao e faria a ela uma inesquecivel inicicao, nem sei se depois ela iria querer procurar um homem outra vez!!! Entao cheguei perto de seu ouvido e sussurrei: “pois eu vou fazer dessa noite a noite mais prazerosa da sua vida, so relaxa e confia em mim”, disse isso e dei uma mordidinha na sua orelha o que eu percebi que deixou-a toda arrepiada!!! Voltei a beija-la e ja comecei a conduzi-la para o meu quarto… chegando la deitei-a na cama e comecei a deipi-la, tirei a sua blusa e me deparei com um par de seios perfeitos, eram redondos bem grandes e bem firmes, com as aurelas pequenas e os biquinhos ja duros de tesao! Comecei a chupar-lhe os peitnhos, bem devagar… chupava… fazia com a lingua movimentos circulares, ora bem rapidos, ora bem lento, so com a ponta da lingua… e vi aquele corpo de deusa trepidar… e comecei a ouvir os primeiros gemidos de prazer daquela gata, ela dizia: :Ui, ai, huuuum… isso… chupa… assim… mais rapido!!!!” Ja estava ficando louca, por isso reslovi descer…tirei toda s ua roupa e beijei bem aquela barriguinha, aquele umbiguinho e fui descendo mais!!! Cheguei bem perto de sua buceta e fiquei a lamber-lhe a virilha, so pra tortura-la!!! Ela se contorcia toda e me implorava para chupar-lhe logo que ela nao estava aguentando mais… comecei a lamber-lhe a buceta, primeiro os grandes labios, depois os pequenos, por fim o clitoris… cai de boca naquele moranguinho e comecei a chupa-lo vorazmente, como se quisesse engoli-lo!!! Por isso segundos depois ela ja estava quase gozando e gritou: “Isso meu amor, me chupa gostoso assim que eu vou… aiiiii, eu vou… go…zar!!!!” No mesmo momento parei de chupa-la e falei: “Mas ja gata,… vai se acalmando ai que a noite so comecou!” Ela me olhou angustiada e me implorou para que terminasse de chupa-la, mas eu estava irredutivel e minha mente fertil ainda imaginava mil formas de prazer com aquele corpinho lindo!!! Despi-me e deitei-me sobre ela, comecei a beijar-lhe o pescoco enquanto comecei a rocar nossas xotas!!! Aquela deusa ainda nao sabia a senssacao maravilhosa de rocar buceta com buceta, grelo com grelo!! E assim o fiz, ainda beijando o seu pescoco!!! A isso a minha gata nao resistiu e teve um violento orgasmo desfalendo na mesma hora!!! Enquanto ela se recuperava eu me levantei e peguei de meu armario um dildo, 16 x 4,… ainda queria fuder gostoso aquela deusa, como nenhum homem, com certeza, tinha feito!!! Com ela ainda desacordada comecei de novo a estimular o seu grelinho, na mesma hora ela acordou e ja comecou a se contorcer… nesta hora arranquei gemido alucinados daquela gata! De repente parei de chupa-la e comecei a forcar a dildo na entrada da racha… ela logo se alertou e me perguntou: “o que e isso?” E logo que percebeu o que eu tinha na mao ela disse: “isso, vai, me fode gostoso… vamos que eu quero gozar de novo”. Recebia muitos elegios: Puta, Galinha, Rampeira, Quenga, Piranha, Safada, e assim vai, e meu amor só recebia uma elogio: Corno.