Corno na bronha enquanta esposa goza no pau do amigo

37 seg

Categoria:

Tag: , , , ,

visualizações

37 seg

Categoria:

Tag: , , , ,

Corno na bronha enquanta esposa goza no pau do amigo

Corno na bronha enquanta esposa goza no pau do amigo

>Sou casado e tenho um casal de filhos,minha esposa e eu decidimos arrumarE Mario encheu seu rosto de porra…. -A minha caçulinha tá me rejeitando?-Ah pai o senhor é corno, sabe como é ser rejeitado né… – Isa ria demais, fazendo seu pai rir também.

– É só que… O que diabos aconteceu aqui?meu nome é Leo tenho 22 anos e queria contar algumas historias reais q aconteceu comigo e minha irma, tudo começou quando tinha 19 anos e ela 18, eu sou viciado em filmes pornos e adoro tocar bronha vendo os filmes, certo dia na madrugada estava vendo um filme erotico no computador e tocando uma boa bronha minha irma q dorme em quarto diferente q o meu, acorda e me pega no flagra tocando uma bronha…nao tive o q falar e muito sem graça guardei meu pau embaixo do pijama, mas como tava muito duro nao adiantou nada,minha irma foi beber agua e quando voltou perguntou o que eu estava fazendo falei para ela numa boa q tava vendo um filme erotico e tocando uma punheta porque estava muito excitado,ela ficou com vergonha e quis ir embora dormir, mas falei com ela para ficar mais um pouco, ela se sentou do meu lado e continuou vendo o filme, ela estava com um baby dol bem curtinho, pela blusa dava para ver os biquinhos dos seios bem durinhos, eu estava com a coberta em cima do meu colo, mas meu pau estava muito duro, cada cena do filme ela, em q a mulher chupava o cara ela parecia ficar mais excitada, pedi para ela deitar no meu colo para que pudesse ficar mais confortaval, quando ela deitou sentiu meu pau duro, e pensei q ela iria sair na hora, mas ela colocou a mão sob a cabeça e ficou acariciando meu pau, nao aguentei e tirei meu pau do calção e mostrei para ela, ela começou a bater uma punheta bem gostosa pra mim afinal de contas era a primeira vez q agente tava fazendo isso e era a primeira vez q ela ia botar a mao em um pau,mas ela foi e colocou ela falou q nao sabia como se fazia…peguei a minha mao e peguei a mao dela e começou o movimento de sobe e desce, logo aprendeu, ela com akela maozinha pequeninha batendo uma punhetinha bem devagar, ficou batendo akela punhetinha bem devagar…foi quando o filme começou a esquentar e falei para acelerar a mao…nessa hora parecia ate q ela tinha muita experiencia ela comeceu a acelerar certinho e eu vi q logo iria gozar…perguntei se ela queria chupar na hora ela falou q nao com medo e ate com cara de nojo, aceitei na boa e falei q iria gozar…dei a sugestao de irmos no banheiro de empregada para gozar na privada,,,ela foi atras de mim igual uma putinha…chegando la fiz ela sentar na privada nao aguentei e dei ate uma forçada na cabeça dela para chupar mas ela estava com medo…ela so ficou tocando ,avisei q iria gozar para ela acelerar mais a mao ela obedeceu,,,gozei dentro de uma pia e de primeira vista ela nao gostou…mais foi a primeira vez q agente fez uma sacanagem…depois dessa quase todos os dia ela queria dormir no meu quarto, no proximo conto como ela bebeu muita porra… Postar umas fotos dela….

Quando encontrei Nando no elevador e quando ele me viu soltou um grande sorriso e foi logo dizendo que estava morrendo de saudades dos nossos papos eu ali senti que tinha um grande amigo e eu me convidei para ir no apto dele jogar ele aceitou no ato e subimos para e começamos a jogar mais nenhum dos dois queria nada daquilo e eu disse: não para mesmo para os personagens fazerem o que fizemos e ele disse que preferia ao vivo e foi colocando o pau para fora fiz o mesmo e peguei no pau dele e ele no meu só desta vez ele gozou primeiro e eu tive uma reação de não acreditar quando vi porra jorrar na minha mão e ele apressou em dizer que estava morrendo de tesão não deu para segurar e ele parou de me punhetar e foi se limpar confesso que fiquei decepcionado, quando ele voltou e como era muito cedo voltamos a jogar, mais eu não me concentrava no jogo e ele percebendo perguntou se eu queria mais e balancei a cabeça afirmativamente ele tirou o pau para fora e pediu para eu punhetar e fiz e o pau dele endureceu rapidamente e punhetei gostoso e ele a mim e desta vez gozei e me limpei e voltei a pegar no pau dele para continuar esperando que ele pedisse o mesmo mais ele não disse nada e continuei a punhetar e ele não gozava e perguntei se ele sentia dor novamente por não gozar e ele disse que estava bom desta vez e que eu continuasse e assim o fiz, mais depois de um tempo reclamei que doía meu braço e perguntei se ele não queria do outro jeito, Nando soltou um sorriso e eu abaixei minha bermuda e como tinha visto no filme me ajoelhei no chão e apoiei a barriga no assento do sofá e ele veio por trás e começou a passar o pau no meu cu, e eu me arrepiei todo e adorando mais ainda do que a ultima vez, Nando passou a cabeça acertando meu cu em cheio, instintivamente empinei a bunda e senti meu cuzinho piscar e senti meu cu todo melado o pau de Nando soltava muito liquido e aquilo deixou meu cu todo melado e quando senti de novo a cabeça bem no meio do meu cu e empinei mais e mais minha bunda e forcei a bunda um pouco para trás e senti a cabeça forçar a borda, ardeu um pouquinho mais apesar disto a sensação era muito mais muito boa, Nando recuou e pediu desculpas e eu não entendi o que ele tinha feito e eu perguntei o do porque e ele disse que quase enfiou em mim que tinha sido sem querer que não estava agüentando de tanto tesão. Fui pra cima dela e voltei a beijá-la, mas agora tinha os dedos na sua bucetinha encharcada… escorrendo…Eu disse enquantando masturbava sua bucetinha (deu pra perceber que era bem apertada.