Corninho vendo a esposa fuder

59 seg

Categoria:

Tag: , ,

visualizações

59 seg

Categoria:

Tag: , ,

Corninho vendo a esposa fuder

Corninho vendo a esposa fuder

Sou casado, a um bom tempo já, estamos naquela fase que a magia do casamento passou e apenas vivemos os dias, minha esposa na casa dos trinta e poucos, mas com um corpo de vinte e poucos, ela tem aquele jeito feminino delicioso que gosta de cuidar da aparência e sempre atrai olhares, eu sou apenas um cara de meia idade sem muita preocupação na aparência, mas também ainda desperto o interesse das mulheres. Vander me segura pelos cabelos e introduz seu pênis na minha boca. Ele me deitou novamente e começou a me chupar, eu gemia e dizia o nome dele, fala pra me fuder q queria ser só dele. Ja no primeiro dia de trabalho, fui com um vestido preto, com um decote simples, e um salto que me dava mais postura.

O que poderia ser aquilo?Foi até lá e viu o Marcos sentado no sofá, sem calça, vendo um filme pornô.

Quando a penetrei com a lingua ela gritou mais forte, não parava mais de gemer e eu fui alternando os movimentos de lingua por toda a xaninha, cuidando mais do grelinho é claro.

Eu sabia que ela não poderia dar escândalo. Pensei: esse cara não está vendo que estou aqui tomando banho?Quando menos esperei, senti sua mão tocar minha bunda, ele deu um aperto que hoje entendo o que queria dizer, foi um aperto tipo:Esse rabinho parece que tá afim de levar uma surra de rola …Fiquei sem ação, não sabia se me virava, fiquei mudo e ele perguntou:– Esse rabinho é uma delícia, ele gosta de levar pau?E consegui dizer:– GostaEntão aproveitando que não tinha ninguém no quintal ele disse então vem aqui e dá uma chupada no meu cacete.

Carlos (em belo negrão de um 1:80 de altura), Claudio e Pedro (obviamente que são nomes fictícios).

E ainda querer chupava o pau do meu corninho. "Começo me descrevendo, tenho 25 anos, loiro escuro e 1,85 de altura e esse conto é real.