Caiu na net vídeo porno caseiro brasileira tarada demais metendo demais para amigo bem gostoso de petrópolis – rj

5 min

Categoria:

Tag:

visualizações

5 min

Categoria:

Tag:

Caiu na net vídeo porno caseiro brasileira tarada demais metendo demais para amigo bem gostoso de petrópolis – rj

Caiu na net vídeo porno caseiro brasileira tarada demais metendo demais para amigo bem gostoso de petrópolis – rj

Ela não tinha transado com nenhuma menina e eu já com algumas …Então a gente resolveu ver um pornô lesbico pra ela ter uma base sobre oque ia rolar,a gente viu e tal e ela simplesmente parou o vídeo,veio pra cima de mim e disse:já sei oque eu vou fazer com você” e sorriu,eu só deitei e sorri também com um ar de safadeza que dava pra ver nos olhos dela como ela adorou a minha cara mordendo os lábios de tesão. Enquanto eu me vestia, ela disse que ia tomar banho, para minha surpresa, minha esposa começa a se despir, ali, em frente ao nos dois, tirou o vestido, e ficou de calcinha e sutiã, naturalmente meu amigo percebeu o movimento, mas continuou a ouvir musica como se nada estivesse acontecendo. Falou que estava doido demais para aquilo acontecer, pediu desculpas e garantiu que a próxima seria melhor. Não era o que pensei, no zap dela não havia nada, nem no face, nem email, sempre só encontrava no histórico da net visitas a sites Porno.

Na verdade, por mais tarada que ela fosse, ele próprio se surpreendera com a atitude liberal da sua namorada. Certa hora, começou a tocar um sertanejo e puxei minha irmã novamente para dançar, meus primos começaram junto e o casal de amigos também , minha irmã havia bebido um pouco demais e nós dançando, batendo coxas e tudo em uma rodada, não sei o que passou na cabeça de minha irmã, ela tirou suas mãos de mim, colocou no meu rosto e me deu um beijo na boca, um selinho um pouco mais demorado, mas logo me afastei, olhei para meus primos, mas eles estavam dando risada e dançando, nem nos viram, falei para minha irmã logo em seguida:– Não podemos, nossos primos estão aqui.

E ali estava ela, de novo, feliz da vida com o avô metendo nela.

Bem, a sedução dos americanos pelas brasileiras começa… pela bunda! Então, quando ele se dispunha e me ensinar alguma coisa, eu colocava os menores shortinhos para realçar meu bumbum.

comEu levantei Claudia virei ela de costa para mim, inclinei ela um pouco e fui colocando meu pau na buceta dela, quando entrou fiquei segurando só na cintura dela, e socando bem gostoso, ela começou a gemer, e falar bem baixinho, eu não entendia direito, só sei que depois de algum tempinho a Marcelinha, veio tirou ela de mim, me fez sentar na cadeira, ficou de costa, segurou no meu pau e foi colocando na buceta, Cladia, ficou me beijando no começo, depois foi nos peitinhos de Marcelinha, chupava, mordia, puxava o cabelo dela, e Marcelinha começou a gozar, gemia, pedia mais, pedia para Claudia dar tapas nelas, Claudia, dava devagarzinho, Marcelinha rebolando, ficou com as pernas moles, saiu de cima de mim, pegou Claudia colocou de quatro em outra cadeira me chamou, deu uma chupada no meu pau e falou para a Claudia. Fui direto pro sitio, cheguei lá e o caseiro já havia saido, e lá estavam denovo os tres cães do dia anterior tentando fuder a cadela, fiquei olhando enquanto descansava e pensava, já havia bulinado ela muitas vezes com os dedos, mais sempre que tentava meter não conseguia, pois ela não estava no cio e só conseguia meter a cabeça do pau, era muito apertada.