Caiu Na Net Video Porno Amador Casada Bunduda Pegando A Safada Para Amigo Bem Gostoso Da Tijuca – Rj

31 seg

Categoria:

Tag: ,

visualizações

31 seg

Categoria:

Tag: ,

Caiu Na Net Video Porno Amador Casada Bunduda Pegando A Safada Para Amigo Bem Gostoso Da Tijuca – Rj

Caiu Na Net Video Porno Amador Casada Bunduda Pegando A Safada Para Amigo Bem Gostoso Da Tijuca – Rj

Daniel: ta gostando né… Sua puta… Agora mama ele gostoso… Quero ver se chupa gostoso mesmoDepois de umas bebidas, todos alegres a coisa pegou quando amanda veio conversar com a vivi:Minha primeira vez foi com um cara mais velho que eu.

E assim foi acontecendo pegamos ela na quinta feira ela estava radiante, fizemos uma programação para sair com ela todos os dias, fomos na lapa, nas prais da Zona Sul, no Sabado levamos ela para conhecer a regiao dos lagos, ela ficou maravilhada, Num destes dias que saimos sabado a noite, fomos a um barzinho na tijuca com música ao Vivo, neste dia ela estava linda, com um vestido relativamente curto porem não estava indecente toda maquiada cheirosa demais, fiquei impressionado, podia contar de um em um minuto chegava alguém em cima dela, e estavamos bebendo cerveja e eu ofereci uma caipirinha para ela, que ela aceitou na hora,minha esposa falou para ela ficar tranquila e se divertir que nos estaríamos ali com ela sem problemas, lá pelas três da manhã ela e minha esposa já estavam pra lá de bagda, tomaram todos, eu que não sou bobo fiquei no sapatinho sá observando, em um momento quando minha esposa foi ao banheiro, ofereci mais uma caipirinha para ela e ela já meio alta falourn que não sabia que já estava tonta e estava com medo, eu falei para ela que poderia ficar tranquila que eu estava ali e ia cuidar dela, neste momento ela chegou e falou que gostaría que seu namorado fosse igual a mim, que ela seria muito feliz, que minha esposa tinha falado muito bem de mim e que ela tinha sorte. E achei uma pegadora, ( mulher quer foder a sua mulher na sua frente), achei, liguei e marcamos pro dia seguinte,Na hora marcada ela chegou, Marcia , baixinha ,coxuda, seios pequenos e firmes ,bunduda e de cintura fina como a AnaTomamos umas cervejas e acertamos os termos, eu só comeria a Ana mas a Marcia tinha liberdade pro que quisesse, fomos pro quarto e de pronto tiramos as roupas,sentei nu numa cadeira e fiquei punhetando assistindo as duas de calcinha na minha cama, a Marcia começou a acariciar a Ana que estava ainda meio tímida com a nova experiência mas começou logo a se soltar,um beijo molhado e quente abriu as portas do tezão, sem muito esperar uma tirou a calcinha da outra bem devagar a Ana ficou deitada enquanto a Marcia beijava o corpo gostoso de minha gata, beijava seus firmes seios com delicadeza mas com vontade a Ana se contorcia de tezão sentindo seus dedos deslizarem por sua boceta melada, olhava admirado aquelas duas bundas gostosas se contorcendo na minha frente quando a Marcia caiu de boca na buceta do meu amor, um gemido mais forte de prazer se ouviu meu amor me olhou e me chamou, dei minha pica pra ela mamar gostoso como sempre faz enquanto ela era chupada na buceta pela Marcia, Marcia pegou minha mão e pos em sua buceta e enfiei meus dedos na puta que gemia , fui mamar a buceta da minha gata e a Marcia foi me mamar e punhetar , o que era pra ser só as duas virou um ménage , Ana sentou na minha pica e a Marcia na minha cara e as duas se beijavam e bolinavam os seios uma da outra enquanto eu fodia uma e chupava a outra, trocamos de posição de novo, deitado na cama com as duas me chupando e elas com as pernas entrelaçadas roçando as bucetas, que delicia viver isso, fui conduzindo e colequei as duas numa delicia de 69 loucura de chupada vigorosa entre as duas , línguas , dedos, e bucetas meladas, e a Ana explodiu, vou gozar, urrou já se derramando num gozo longo e gemido, a Marcia falou enfia esta pica em mim e enfiei, fodia aquela buceta ao mesmo tempo que minha esposa mamava a puta, vez em quando minha gata tirava meu pau da buceta da Marcia e me chupava pra depois por de novo na buceta da vadia, Marcia enfim anunciou seu gozo esporrento, urrou de prazer e se derramou na cara da minha gata, as duas já meio cansadas da pegada que elas se imporam ficaram de quatro na cama lado a lado e olhando pra trás minha Ana disse: vem da tua porra pra gente vem!Meti na minha gata primeiro e meti os dedos na Marcia que estava com a buceta melada e inxada , meus dedos deslizavam na buceta de uma e minha pica na buceta da outra e comecei a revezar, passei a fuder a Marcia e meter os dedos na Ana,Quando achei que já estava chegando ao fim da nossa putaria minha gata olhou pra trás e pediu pra meter na sua bunda, pedido atendido, meti no cuzinho gostoso da minha gata e o dedo no cuzinho da Marcia, algum tempo depois anunciei o gozo, minha gata virou o corpo e começou a me punhetar ate que gozei em seus seios, a Marcia veio e começou a roçar seus seios nos seios da minha gata se lambuzando também da minha porra e lambeu meu pau pra sugar as ultimas gotas de porra, exaustos fomos tomar banho os três e finalizamos a noite com cerveja e bate papo, acho que provavelmente ainda veremos a Marcia outras vezes.

Já tinha tido alguns encontros com caras desde a adolescência, mas muito poucos (uns três apenas), porém em todos os casos eram com amigos meus vendo filmes pornô e a coisa esquentava.

rnTomada de tesão até joguei meu corpo pra trás pra sentir aquele macho pauzudo me encoxando todo tarado e então toda dengosa e sensual disse:rn-nossa…meu sogro…vc tá louco…estamos pelados…na piscina…o que vc vai fazer comigo?rnTodo decidido e bem macho ele disse:rn-vou fazer o que vc tá querendo sua putinha safada…vou te comer inteirinha…sua gostosa tesuda…quero deixar essa bucetinha inchada…desde que te vi…. Ele queria que fizesse um filme erótico amador, onde ele seria o diretor e câmera, e eu seria sua atriz principal.

Deitou-se no sofá, ocultando parcialmente os seios, meu amigo olhava tudo aquilo, respondia algumas perguntas de forma ofegante e observava, peguei o creme e iniciei pelas costas a massagem, descendo até a sua bunda, afastava a calcinha e passava os dedos pelas bordas do cuzinho e pelos lábios da xaninha e voltava, hora para as pernas, hora para as costas, ela procurava ficar imóvel, mas conforme o ponto que tocava ficava ouriçada.

Foram para a cozinha com ele pegando no bumbum de Julia, que ria, e se contorcia toda. Percebi que ela foi no quarto e mudou de roupa ,botou um shortinho indecente branco que aparecia a polpa da bunda e voltou pra sala, fomos jogar videogame , e toda hora eu via ela passando na porta do quarto olhando meio que querendo se mostrar e ela deve ter percebido que eu estava olhando de outra forma pro corpinho dela, enfim chegou a hora do almoço"Apoiou-se as mãos na barra de proteção, curvou-se e abriu as pernas.

Os danados comentavam as outras putas que tinham trazido ali, e de que eu era a primeira casada a estar ali.