Brasileira Amadora Mulher De Corno Sapeca Metendo Gostoso Pro Corno Filmar Para Corno De Tijuana

5 min

Categoria:

Tag:

visualizações

5 min

Categoria:

Tag:

Brasileira Amadora Mulher De Corno Sapeca Metendo Gostoso Pro Corno Filmar Para Corno De Tijuana

Brasileira Amadora Mulher De Corno Sapeca Metendo Gostoso Pro Corno Filmar Para Corno De Tijuana

A noite esperei ansiosa meu pai chegar, e sabia que mamãe tinha me visto dando uns amassos no garoto gostoso do 212.

Mas já conhecem essa história, tem muitas outras mulheres com outras historias cheias de tesão para contar nospróximos contosChegando na cidade ela vai me buscar de carro com a mãe. Morávamos em uma grande capital brasileira, em um apartamento de 50 metros quadrados e para meu desespero minha filha ganhou um poodle macho de presente, cachorro já da trabalho, imaginem dentro de um apartamento.

Apesar da putaria que tinha acabado de rolar no quarto ele não queria que a festa inteira soubesse que ele era um corno.

bom os dois já foram se pegando e o cara deixou ela louca de tesão ela vira e diz agora vc vai ser o corninho da amante, o cara comeu ela bem gostoso ela chupou ele e ainda por cima ele comeu o cuzinho dela e gozou nas costa dela fiquei louco me desculpe pelo texto mas foi a primeira vez e logo logo contou a vez que o patrão dela me fez de corno tb abraços"Olá meu nome é Cristian e sou de Portugal. …meu cuzinho já estava todo melado com a baba dele e aquela língua não parava de invadir meu rabo, até que senti uma pressão enorme e uma dor que nunca tinha sentido antes, não sabia o que era então tentei me virar pra ver e ele não deixou, continuou forçando e meu cu tava rasgando literalmente até que levei a minha mão para ver o que era e sabe o que eu peguei na entrada do meu cu? Peguei o punho dele, pq a mão tava toda dentro do meu rabo e ele forçando, delirei de tesao quando senti aquilo que a dor passou, comecei a rebolar na mão dele e meu pai começou a balançar, logo saiu muita baba dele e como eu tava de bruços no carro eu pude ver escorrendo aquele semen do meu pai, não cheguei a gozar mas tava quase, então ele tirou a mão de dentro e começou a bater na minha bunda, me chamar de gostoso, de cadelinha, de safado, me mordeu nas costas e orelha e meteu sem camisinha mesmo, com força e tesão, estava tomado pelo prazer, arranhava minhas costas, passava a mão, apertava minha bunda e eu pra provocar empinava bem e forçava contra o pau dele, ele gemia e uivava de tesão até que disse que ia gozar e perguntou onde eu queria, então eu pedi na boca, ele tirou de dentro e antes de eu começar a chupar peguei meu celular e liguei o flash pois estava noite e coloquei filmar e alcancei pra ele enquanto comecei a chupar aquele pau gostoso, lambi as bolas e passei a língua no cuzinho, ele gritou e disse que ia gozar, então eu chupei com vontade enquanto ele me filmava, jorrou porra na minha garganta que cheguei engasgar, tirei da boca e deixei derramar aquele leite grosso e cheiroso na minha barba e cara enquanto eu olhava pro celular com cara de safado, bati o pau na minha cara ate sair tudinho, muita porra, entrou ate no meu nariz. Ela dizia que queria dar pro caseiro, que eu seria seu corno e me perguntava se eu vi o quanto ele estava com tesão ao me ver daquele modo e dizia que queria aquela pica dentro dela e gozou gritando que eu seria seu corno manso.

A garota era sapeca em relação ao assunto e quase tudo parecia ser ambíguo para ela, e devo confessar aqui que isso acabava reforçando meu imaginário, digo reforçando porque antes mesmo de ser safadinha sua aparência já colaborava para eu ter uma singela fantasia erótica com ela, pois Mia era uma verdadeira ninfeta bem magrinha e cheia de curvas, com seios pequenos e uma adiposa bundinha que me fazia pirar quando a rebolava.

Fui metendo mais e quando tento meter o pau todo, tinha mais um musculo na bucetinha dela que apertava o pau, nesse momento ela abriu mais as pernas se ajeitando e o pau foi entrando todo.