Branquinha Enrabada Pelo Negão Enquanto O Corno Filma

Branquinha Enrabada Pelo Negão Enquanto O Corno Filma

Branquinha Enrabada Pelo Negão Enquanto O Corno Filma

Desejo enrabar trans ou cdzinha submissa, pequena, branquinha e realmente bonita.

Troca de papo e logo ele começa a jogar enquanto fico ao lado da mesa, observando. Ela entao começou implorar por minha pica, e como era seu novo macho, comecei a comê-la como uma puta merece, enrabei –a de todo que jeito e posições, Lúcia já sabia que estava toda fudida, pois suas pernas tremiam como vara verde, num destes meios atos, eu virei Lucia de bruços, e encaixei minha pica na sua bunda (objeto de desejo de muitos colegas meus que a conhecia) e Lucia falou que apesar dos seus 36 anos nunca tinha dado o seu rabo, mais como ela estava sem força e já acumulava uma gozada em sua boca (coisa que ela disse nunca ter acontecido tbm) ela não ofereceu resistência e aceitou a ser enrabada, foi isso que eu fiz, comi todo aquele rabo, lisinho, e em cada enrabada o meu pau deixava sua presença. "Estavamos no sitio quando chega dois rapazes da coelce para trocar a fiação do poste que estava com defeito, terminaram e vieram a casa sede deixar uns papeis, a Marcela estava fazendo café e veio nos servir, ela estava com um vestido preto bem apertado com um decote grande, salientando e mostrando a metade dos seios, o rapaz mais saliente quando viu passou a olhar insistentemente para seus seios, ela notou e passou a se exibir mais, deu uma voltinha pra mostrar a bundinha para ele e debruçou-se na mesa para mostrar os seios e rapaz estava louco começou a puxar mais assunto para demorar mais, quando vi a situação chamei a Marcela e disse o cara tá louco, ela riu e disse e não é pra ficar, então eu disse vamos voltar para o terraço e você depois chama ele pro nosso quarto para ver umas tomadas, Marcela foi no quarto e depois voltou pro terraço em nós estavamos, ela disse que tinha uma tomada no quarto com defeito, o rapaz gaiato disse que poderia ir dar um olhada, fui com eles quando cheguei lá vi que ela tinha colocado uma calcinha em cima da cama, ele viu também, então eu disse vou deixar vocês a vontade e vou ver a papelada dos fios com o outro rapaz, essa deixa eles entenderam, demoraram uns 40 minutos, depois Marcela chega tomada banho, de short e blusinha solta e toda feliz, o rapaz também tomado banho mais com a mesma roupa, se despediram, agradecendo a nós, a Marcela piscou o olho pra ele, Marcela foi me contar, disse que ele ficou consertando a tomada e ela sentada na cama de frente pra ele com as pernas abertas mostrando a calcinha, ele não tirava o olho depois começou a mexer no seu pau pois estava duro, então ela disse porque você não deixa eu cuidar dele, então ele virou-se começou a acariciar seu pau por cima da calça e ele ficou pegando nos seus seios, ela mandou ele ir ao banheiro tirar a roupa e tomar banho, depois voltou só de cuecas, ela deu-lhe uma chupada e depois pegou uma camisinha no criado mudo, colocou a camisinha nele sentou no pau dele até entrar todinho, ela gozou rapidinho e ele também como já fazia tempo que estavam lá, foram tomar banho e ele pediu outra chupada, ele deu, e fez ele gozar novamente na sua mão, tomaram banho e voltaram, sou um corno super feliz.

Olá, eu e o Homem Nobre somos casados a 5 anos e já vivemos cada coisa!!! Decidimos contar aqui nossas aventuras e fantasias!!!Angela o olhava nos olhos, não tirava os olhos do negão, arranhava seu peitoral definido com as unhas grandes pintadas de esmalte vermelho.

"Beto ficou por baixo, Mauro por cima e a Josi na filmagem, pois é… agora tenho uma dp inteirinha filmada do começo ao fim, mas na hora nem percebi rs, senti os dois paus dentro de mim e já estava morrendo de tesão do sexo anal combinado com chupada, tentei me segurar mas com o Mauro comendo meu cuzinho e gemendo, puxando meu cabelo, e o Beto me beijando, me lambendo, e os dois paus dentro de mim, logo perdi toda a razão e gozei horrores.