Boquete da Loira Marido Corno Filmando

Boquete da Loira Marido Corno Filmando

Boquete da Loira Marido Corno Filmando

Me arromba toda, eu sou sua.

Chegando lá eu perguntei se tava sozinho ele disse que sim com um sorrisinho.

Ele não conseguiu falar chupeta, mas boquete ele conseguiu e aí eu fiz um nele, que ele adorou!Gente, ele me chupou do jeito mais maluco que eu já vi! Não, vocês não acreditam! Como ele é muito alto, me levantou, me fez segurar na cesta, ficou embaixo de mim e colocou minhas pernas nos ombros dele e minha buceta ficou na boca dele!!! Me chupou feito louco e eu gemia feito doida! E não consegui ficar segurando lá, meus braços bambearam.

Ele me chamava de puta e me batia na cara.

Olhei para o lado e pelo espelho vi aquele trenzinho sexual bem gostoso, um marido enrabando sua deliciosa esposa e sendo enrabado por mim. A safada me tascou um beijo, abaixou meu short e pegou muito gostoso no meu pau, que a essa hora ja estava doendo de tão duro, me beijando e me punhetando bem devagar, a mistura de tesão e medo de sermos descobertos, aumentava ainda mais o desejo de comer aquela loira gostosa.

-Entendo, você tem muitos amigos? já namorou ou namora como é sua vida afetiva?-Bem eu tenho uma amiga só bem próxima que também me deu força pra vir aqui, meninos só conhecido da internet do colégio e tudo mas nada de muito contato de se visitar e tal, tipo namorado nunca (notei ela extremamente vermelha) até queria, mas não consigo e fico triste, me sinto carente por não conviver com meu pai e nem nunca ter namorado, e pro isso estou aqui inclusive, tenho vergonha até de usar roupas curtas hoje mesmo com um pouco de calor do de moletom. Ele começou a bater o pau na areia e a roçar na coxa de Érika. Passados alguns dias, ela chegou mais tarde da academia, me chamou no quarto, tirou a calcinha da bolsa toda melada de porra e disse você não queria, fui pro carro dele, ele meteu em mim sem pena e deixei ele gozar na minha calcinha pra te mostrar, eu ja tava de pau duro ela pegou no meu pau e disse vamos terminar o serviço meu corninho, chupa minha xaninha toda melada da porra dele, chupei com vontade e gozei ela me chamando de corno. Mas ela foi sorridente e falou comigo como se nada fosse. Pouco depois, ficou por trás de mim, sobre minha cabeça, filmando minha ação no traseiro de Sandra.