Amigo Negro Fode A Esposinha Do Corno

visualizações

50 seg

Categoria:

Tag: ,

Amigo Negro Fode A Esposinha Do Corno

Amigo Negro Fode A Esposinha Do Corno

Fiquei com aquele momento no pensamento, imaginando aquele rabo só de calcinha, deitada na cama, sedenta por um jovem negro carioca, 1.

relaxei e fui me deixando abrir,,penetrar…ardia pra burro,mas estava decidido e dar- por baixo de mim o sujeito gemia de olhos fechados-eu olhei pelo espelho e observei aquele pênis prto ir sumindo na minha bundinha branca,depois da cabeça passar ficou mais fácil…em certo momento senti aliviar a dor e escorrei ate o talo num longo suspiro,apoiava uma mao em seu peito outra na cama,me senti encostar a porta aberta de meu cuzinho por baixo nele.

E eu também estava com muito tesão de ser corno pela primeira vez. Chocado com tudo que minha irmã disse, apenas observei parado ela entrar no carro de seu marido, se distanciar dando xau para toda a família.

Silvia ficou excitadíssima vendo aquela cena e não aguentou esperar, tirou a roupa toda, pegou o namorado, deitou-o no chão e sentou em cima da vara, pulando, pulando sem parar. Já estava muito pirada nossa transa,.

Que bom!! Eu ia lhe pôr mais um par de chifres com tudo que Ruddi tinha direito!!Gil vai pé ante pé até a porta de sua suite e espreita através da porta semi-aberta sua esposinha Gisele deitada de costas apertando ambos os mamilos dos enormes seios com seus dedos, tendo entre suas pernas a cabeça sarará avermelhada de Ruddi.

Quando eu viro a cabeça era o mesmo bombeiro civil que tinha conhecido de vista. Sempre fomos muito amigos, não tem nada a ver isso de sermos afastados e por isso começou.

Quando gente nadou mas pro fundo ficamos mas a vontade sem ninguém por perto ele começou a passar a mão nela bem de leve sentir e eu acariciando sentir volume crescendo dentro da sunga dele trocamos selinho e resolvemos sair da agua ninguém desconfiar do que estava acontecendo. Esfreguei a ponta do meu indicador em seu cofrinho, ouvi uma risadinha. NO DIA SEGUINTE, FOMOS PARA A ESCOLA JUNTOS TRABALHAR E COM AQUELA GOSTOSA SENSAÇÃO DE QUE ALÍ, HAVIA NASCIDO UMA NOVA MULHER … UMA MULHER QUE HAVIA SE REDESCOBERTO E QUE AGORA SABIA O QUANTO ERA BOM E GOSTOSO SER DESEJADA E DESEJAR, MAS ACIMA DE TUDO : VIVER !!!!TIVEMOS INÚMEROS ENCONTROS E VIVÍ MOMENTOS MARAVILHOSOS E PENSAVA COMIGO, ENQUANTO INÚMERAS ALUNAS NAQUELA ESCOLA OLHAM, SONHAM E DESEJAM…EU, TENHO.