Amigo enrabando esposa enquanto marido filma

visualizações

48 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , ,

Amigo enrabando esposa enquanto marido filma

Amigo enrabando esposa enquanto marido filma

…meu cuzinho já estava todo melado com a baba dele e aquela língua não parava de invadir meu rabo, até que senti uma pressão enorme e uma dor que nunca tinha sentido antes, não sabia o que era então tentei me virar pra ver e ele não deixou, continuou forçando e meu cu tava rasgando literalmente até que levei a minha mão para ver o que era e sabe o que eu peguei na entrada do meu cu? Peguei o punho dele, pq a mão tava toda dentro do meu rabo e ele forçando, delirei de tesao quando senti aquilo que a dor passou, comecei a rebolar na mão dele e meu pai começou a balançar, logo saiu muita baba dele e como eu tava de bruços no carro eu pude ver escorrendo aquele semen do meu pai, não cheguei a gozar mas tava quase, então ele tirou a mão de dentro e começou a bater na minha bunda, me chamar de gostoso, de cadelinha, de safado, me mordeu nas costas e orelha e meteu sem camisinha mesmo, com força e tesão, estava tomado pelo prazer, arranhava minhas costas, passava a mão, apertava minha bunda e eu pra provocar empinava bem e forçava contra o pau dele, ele gemia e uivava de tesão até que disse que ia gozar e perguntou onde eu queria, então eu pedi na boca, ele tirou de dentro e antes de eu começar a chupar peguei meu celular e liguei o flash pois estava noite e coloquei filmar e alcancei pra ele enquanto comecei a chupar aquele pau gostoso, lambi as bolas e passei a língua no cuzinho, ele gritou e disse que ia gozar, então eu chupei com vontade enquanto ele me filmava, jorrou porra na minha garganta que cheguei engasgar, tirei da boca e deixei derramar aquele leite grosso e cheiroso na minha barba e cara enquanto eu olhava pro celular com cara de safado, bati o pau na minha cara ate sair tudinho, muita porra, entrou ate no meu nariz.

Cris gritava tão alto que acho que toda a rua ouvia que eu a estava enrabando.

Fomos no mesmo carro e durante o viagem meu primo começou a me elogiar, dizer que eu continuava linda e que meu marido tinha sorte de ter casado comigo, confesso que estava gostando de ser assediada por ele.

– eu disse que claro, que tanto eu como meu amigo iriamos contribuir para manter essa bunda perfeita, sem precisar de plástica. Quando foi um dia eu recebi um ligação de uma tia minha que eu não havia a muitos anos já uns 20 anos, me pedindo para receber por uns 15 dias um primo meu que eu nem conhecia, mais também não tinha como negar ela me ajudou muito na minha juventude, conversei com minha esposa, nossa casa e grande e só mora eu e ela, mais a gente tem uns costumes já formados de andar pelados em casa,andar bem a vontade, e com outra pessoa junto seria um problema, mais eu disse a ela que só seria por 15 dias, acabou concordando.

Tirei minha calcinha, levantei o vestido e me deitei na cama para que ela pudesse ver bem os meus movimentos, enquanto eu me masturbava ela disse que estava sentindo algo estranho na sua bucetinha.