Amigo arrombando o cu dela

29 seg

Categoria:

Tag:

visualizações

29 seg

Categoria:

Tag:

Amigo arrombando o cu dela

Amigo arrombando o cu dela

Ela sentiu menos e viu que ele conseguiu enfiar tudo. Entramos no quarto e ela estava muito feliz por estar ali. Ele é mais fino e tem mais pele, o Ismael já fez operação de fimose e tem a cabeça toda descoberta… gosto mais, sabia?Bem, era lógico que eu ia querer chupar os dois, e foi o que eu fiz, começando pelo maridão, afinal, se ele não fosse tão liberal aquela cena jamais poderia estar acontecendo. A boca dela encostou na minha e logo senti sua língua procurando espaço na minha boca. Então meu namorado foi trabalhar e eu fiquei la com a minha cunhada, o Frankiline mais uns amigos.

Ficaram um longo tempo dentro da banheira de hidromassagem, conversando e rindo em meio a um mar de espuma. Paramos o assunto, já que havíamos chegado e Aline ainda não poderia saber o que se passava. Deitou-se no sofá, ocultando parcialmente os seios, meu amigo olhava tudo aquilo, respondia algumas perguntas de forma ofegante e observava, peguei o creme e iniciei pelas costas a massagem, descendo até a sua bunda, afastava a calcinha e passava os dedos pelas bordas do cuzinho e pelos lábios da xaninha e voltava, hora para as pernas, hora para as costas, ela procurava ficar imóvel, mas conforme o ponto que tocava ficava ouriçada.

Pedro em arrombando por trás, enquanto Sérgio enfiava um cacete com força na minha boca.

E retribui, também lhe dando uma demorada chupada na xotinha, enfiando os dedos, fazendo ela gemer sem parar.

Lídia com aquela mini saia estava deliciosa e também coloquei as mãos na cintura dela e fiquei acariciando aquela barriguinha malhadinha, gostosa…Nisso Eliana deu a idéia de vermos televisão o quarto de nossos pais,lembrando que lá havia uma telão e seria melhor ficarmos mais à vontade,deitados naquela cama enorme.

Então ele foi além, desabotoou e abaixou o zíper do meu short e enfiou a mão na minha boceta….

Alem de ser meio fresca na cama também, mais no demais a gente se dava bem e gostávamos das mesmas coisas. -Tu quer que eu bata punheta?Ela sorriu.